Publicidade

Estado de Minas

Dia do Mágico: ilusionistas mineiros apresentam temporada de shows em Hogwarts da vida real

Depois de quebrar recorde de levitação na Avenida Paulista, Henry Vargas e Klauss Durães comemoram data com shows em casa símbolo do ilusionismo mundial, em Hollywood, nos Estados Unidos


postado em 31/01/2020 17:38 / atualizado em 31/01/2020 18:22



O ilusionismo ajuda a quebrar as barreiras do impossível. E para ressignificar as possibilidades, mágicos mineiros levam arte com tecnologia para todo o mundo. Em comemoração ao Dia Mundial do Mágico – comemorado nesta sexta-feira, 31 de janeiro –, os ilusionistas Henry Vargas e Klauss Durães, recordistas e campeões internacionais de ilusionismo foram convidados para apresentar seu show no famoso Magic Castle, em Hollywood, nos Estados Unidos.

“A gente se sente muito honrado por trazer não só o nome do Brasil, mas principalmente o nome de Minas Gerais”, comemora Henry. Juntamente com Klauss, eles são os primeiros mineiros a fazer temporada no local. “Estamos felizes em estender a bandeira de Minas. Isso é um fato histórico no mundo da mágica".

Os mágicos enviaram um vídeo especialmente para os leitores do Estado de Minas (assista acima).

Henry Vargas e Klauss Durães tiveram uma semana de apresentações no Magic Castle(foto: Ilusion/Divulgação)
Henry Vargas e Klauss Durães tiveram uma semana de apresentações no Magic Castle (foto: Ilusion/Divulgação)


Na série de J.K. Rowling, Harry Potter e outros jovens são levados para a escola de magia de Hogwarts, onde a mágica acontece. Pela semelhança com a ficção, a casa de shows de Los Angeles é conhecida como “Hogwarts da vida real”. Pianos tocam sozinhos, quadros se movem, objetos flutuam e o público pode precisar de palavras-chave para as passagens secretas.

Além de reunir os principais shows de ilusionismo do mundo, o local é reconhecido pelo visual único em formato de castelo e prestigiado desde 1908. Na plateia, estrelas com nomes cravados na calçada da fama. A temporada dos belo-horizontinos, composta de 28 shows, começou na segunda-feira e vai até domingo, dia 2.

Experiência única

Da mesma forma que os desafiadores da realidade se prepararam para bater o recorde mundial de levitação, também precisaram se aquecer para dar tudo certo na semana do mágico. A dupla desembarcou nos Estados Unidos dias antes das apresentações para trabalhar nos roteiros. 

“Teve uma dificuldade para traduzir todos nossos textos para que faça sentido em inglês. Tem uma barreira cultural grande. E foi muito legal ver as pessoas rindo, se divertindo e curtindo o show”, conta Henry Vargas. “A gente superou essa barreira linguística e cultural para poder trazer um pouco do que a gente acredita. É bem legal ver que as coisas estão funcionando.”

Magic Castle também é conhecido como
Magic Castle também é conhecido como "Hogwarts da vida real" (foto: Ilusion/Divulgação)


A alegria é dividida com Klauss Durães, que ainda vê a temporada como uma vitrine de novas oportunidades. “Eu acho que isso abre um caminho para o nosso grupo, a gente começa a criar novas possibilidades de apresentações e se conecta com várias pessoas aqui nos Estados Unidos”, disse o mágico. “É o lugar certo para conhecer e poder trocar experiências com os melhores ilusionistas do mundo.Uma oportunidade incrível de apresentar nossas mágicas com tecnologia, como o uso de tablets e realidade aumentada nesse local tão especial", acrescenta.

Levitação na Avenida Paulista

Em novembro do ano passado, a dupla fez centenas de pessoas pararem na Avenida Paulista, em São Paulo (SP) para observar enquanto eles levitavam. A performance fez parte do recorde mundial.

Os jovens mineiros ficaram apoiados em um poste de sete metros em frente ao Museu de Arte de São Paulo (Masp). A performance começou às 8h20min. Às 11h41min, a dupla superou a marca dos 200 minutos, obtida por dois chilenos em 2009. No total, eles ficaram quatro horas e vinte minutos levitando em uma estrutura montada por eles, idêntica aos postes da avenida.



Show em BH

Os dois se programam para se apresentar em meados de abril deste ano na capital mineira. No Centro de Belo Horizonte, cidade dos ilusionistas, Klauss deixou uma pergunta no ar: “quem sabe fazer o pirulito desaparecer?”.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade