Publicidade

Estado de Minas

Apesar de temporal, restaurantes do Lourdes garantem funcionamento nesta quarta

Estabelecimentos na Região Centro-Sul trabalham para realizar a limpeza e recompor o prejuízo. Na noite passada, clientes de alguns locais foram pegos em meio ao alagamento


postado em 29/01/2020 12:20 / atualizado em 29/01/2020 17:23

Limpeza em frente ao restaurante Kei, que fica na Rua Bárbara Heliodora(foto: Paulo Filgueiras/EM/DA Press)
Limpeza em frente ao restaurante Kei, que fica na Rua Bárbara Heliodora (foto: Paulo Filgueiras/EM/DA Press)

Lourdes não vai parar, a despeito do temporal da noite de terça-feira que arrasou um dos bairros mais tradicionais, e de maior poder aquisitivo, de Belo Horizonte.





Localizados um de frente para o outro na Rua Bárbara Heliodora, os restaurantes Kei e Glouton continuaram funcionando durante a chuva. Seus proprietários, Érica Lamounier e Léo Paixão, respectivamente, confirmaram ao Estado de Minas que abrirão suas portas nesta quarta-feira.



“A área externa do Kei foi danificada, o parklet em frente ao restaurante foi levado por inteiro pela chuva, assim como algumas mesas da varanda. Já estamos recompondo o prejuízo”, afirmou Érica nesta manhã. O piso da varanda está sendo consertado. A partir das 18h ela espera abrir o japonês, que está há 12 anos no mesmo endereço.

Ver galeria . 89 Fotos Região Centro-Sul de Belo Horizonte foi a mais atingida pelo temporal da noite de 28 de janeiro. Na foto, situação na Praça Marília de Dirceu, no Bairro de LourdesPaulo Filgueiras/EM/DA Press
Região Centro-Sul de Belo Horizonte foi a mais atingida pelo temporal da noite de 28 de janeiro. Na foto, situação na Praça Marília de Dirceu, no Bairro de Lourdes (foto: Paulo Filgueiras/EM/DA Press )


Na hora da chuva, Érica contou, o Kei estava lotado. “Colocamos os clientes no segundo piso e a água, que tinha coberto as mesas da varanda, só fez uma marola na porta, mas não invadiu.” O Kei funcionou até a meia-noite de terça. Um sushiman teve seu carro, uma picape, levada pela água.

Ver galeria . 18 Fotos Temporal causou destruição no bairro de Lourdes, em Belo HorizonteTúlio Santos / EM DA PRESS
Temporal causou destruição no bairro de Lourdes, em Belo Horizonte (foto: Túlio Santos / EM DA PRESS )


O chef Léo Paixão estava no bar Nicolau, em Santa Tereza, na hora da chuva. De acordo com ele, o Glouton estava “com fila de espera” na hora que o temporal teve início. “Como a casa do Glouton fica mais alta, a água não chegou a entrar. Mas umas jardineiras, cadeiras e mesas que ficavam na rua foram todas embora.”



Os estabelecimentos de Lourdes que mais sofreram com o temporal foram o bar Tizé e o restaurante Olga Nur, ambos do mesmo proprietário, na Rua Curitiba. Até o momento o EM não conseguiu fazer contato com os responsáveis.

Localizado ao lado do Tizé, na Rua Tomás Gonzaga, o D'Artagnan Bistrô também foi poupado da chuva. Somente a área externa foi fechada durante o temporal – o restaurante continuou funcionando e abre nesta quarta, às 19h. (Colaborou Helvécio Carlos)


(foto: Soraia Piva/EM/D.A. Press)
(foto: Soraia Piva/EM/D.A. Press)


Publicidade