Publicidade

Estado de Minas

Chuvas: Liminar determina a desocupação imediata do Morro dos Cabritos, em Contagem

Caso os moradores não desocupem o local, o uso de força policial poderá ser empregado


postado em 24/01/2020 20:43 / atualizado em 25/01/2020 01:01

Morro dos Cabritos, Morada Nova, em Contagem, Grande BH(foto: Maria Irenilda/EM/D.A.Press)
Morro dos Cabritos, Morada Nova, em Contagem, Grande BH (foto: Maria Irenilda/EM/D.A.Press)

A pedido da administração municipal, a 1ª Vara da Fazenda Pública Municipal da Comarca de Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, determinou por meio de uma liminar, expedida nesta sexta-feira (24), a desocupação imediata de imóveis situados no Morro dos Cabritos pelos moradores das casas devido ao risco iminente de deslizamento e outras catástrofes naturais, sob pena de crime de desobediência.
 
 

A decisão judicial se tornou necessária devido à resistência de alguns moradores em deixar a área de risco e se deslocarem para abrigos disponibilizados pela Prefeitura de Contagem. A Justiça determinou uma multa diária de R$ 500 em caso descumprimento da decisão. De acordo com a Prefeitura de Contagem, a peça judicial ainda determina que o uso de força policial poderá ser empregado.

Técnicos da Defesa Civil Municipal vistoriaram o local e atestaram que, diante da forte chuva que assola a cidade, há riscos de deslizamentos de terra, denominado risco geológico.

O gabinete de crise, criado pela prefeitura para monitorar e minorar os efeitos adversos das chuvas torrenciais que atingem a cidade, decidiu que a permanência da população no Morro dos Cabritos é um risco em razão da dessa possibilidade, o que pode colocar em risco a vida dos moradores. A situação na comunidade torna impossível sua ocupação pelos próximos dias. Equipes da prefeitura estão no local procedendo a saída dos moradores.


Publicidade