Publicidade

Estado de Minas

BH terá meio bilhão de reais para obras de mobilidade urbana e na saúde

Empréstimo de R$ 583,5 milhões foi assinado nesta sexta-feira, em Brasília, pelo prefeito Alexandre Kalil


23/11/2019 08:43 - atualizado 23/11/2019 10:32

Hospital Odilon Behrens será um dos beneficiados pelo empréstimo milionário(foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press)
Hospital Odilon Behrens será um dos beneficiados pelo empréstimo milionário (foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press)
As áreas da saúde e da mobilidade urbana em Belo Horizonte vão receber um aporte de mais de meio bilhão de reais. Além da conclusão de duas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e de reforma em hospital municipal, estão previstas obras para melhoria do trânsito e de lugares de grande movimentação de pessoas.

Nesta sexta-feira, a Prefeitura assinou em Brasília dois contratos de empréstimos no valor de US$ 138,5 milhões (cerca de R$ 583,5 milhões), durante reunião com representantes do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e da Corporação Andina de Fomento (CAF). A contratação foi autorizada no fim de setembro no plenário do Senado, por meio de dois projetos de resolução.

O prefeito Alexandre Kalil acertou com a CAF o empréstimo de U$$ 82,5 milhões para diversas obras de mobilidade, entre elas, interseções ao longo da Avenida Cristiano Machado/Linha Verde; criação de corredores de transporte coletivo na Região de Venda Nova; revitalização das praças Rio Branco (Rodoviária) e Governador Israel Pinheiro (Papa); e conclusão de duas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs Norte I e Nordeste II).

O recurso também será usado na reforma da Unidade de Referência Secundária Padre Eustáquio (na Região Noroeste de BH) e na revitalização do centro obstétrico e da maternidade do Hospital Odilon Behrens (na Região Nordeste da capital).

Já com o BID, foi contratado empréstimo de U$$ 56 milhões, destinados ao Programa de Modernização e Melhoria da Qualidade das Redes de Atenção em Saúde. O projeto prevê a reconstrução e a aquisição de equipamentos de unidades básicas de saúde, bem como a implementação e a reforma de UPAs 24 horas.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade