Publicidade

Estado de Minas

Pacientes com dengue enfrentam longa espera por atendimento na UPA Venda Nova

Relato dá conta de pessoas aguardando atendimento médico há quase 12 horas na unidade. Setor exclusivo para atender casos da doença foi desativado nesta semana. Secretaria de Saúde diz que atendimento não parou hoje


postado em 15/06/2019 21:55 / atualizado em 15/06/2019 22:15

Recepção da UPA Venda Nova no início da noite deste sábado(foto: Divulgação)
Recepção da UPA Venda Nova no início da noite deste sábado (foto: Divulgação)


Pacientes reclamam da espera na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Venda Nova, em Belo Horizonte neste sábado. Relatos dão conta de pessoas na unidade há quase 12 horas no primeiro fim de semana após a desativação do Centro de Atendimento à Dengue (CAD) que funcionava na unidade durante a epidemia no estado. Informações dão conta de que muitos pacientes que estão na unidade hoje receberam diagnóstico de dengue ou apresentam sintomas que indicam suspeita da doença. A Secretaria Municipal de Saúde diz que a equipe hoje conta com cinco clínicos e que não houve interrupção no atendimento. 

Um paciente que não será identificado chegou à unidade pela manhã. Diagnosticado com dengue durante a semana, ele voltou à UPA para fazer um exame de sangue que deveria ficar pronto por volta das 15h. Às 20h, ele ainda esperava o resultado para passar pelo médico. 

“Às 17h ainda estavam chamando pessoas que entraram aqui às 8h30. A demora para ser chamado está chegando a mais ou menos cinco horas”, contou ao em.com.br. “Um funcionário disse que provavelmente só a partir das 22h vão acabar com as fichas de atendimento da manhã”, disse. À tarde, segundo ele, a unidade estava cheia, com pessoas aguardando nos corredores e ânimos exaltados.

Um homem que passou pela unidade para acompanhar um paciente disse que uma pessoa desmaiou e caiu sobre uma lixeira. Fiéis de uma igreja evangélica foram à unidade levar lanches para as pessoas que estavam sem almoço aguardando atendimento. 

Por meio de nota enviada às 21h38, a Secretaria Municipal de Saúde informou que a UPA atendeu mais de 300 pacientes entre as 9h e 19h deste sábado e que pacientes com dengue seguem o fluxo normal da unidade. Leia o posicionamento na íntegra:

“Neste sábado, dia 15, a UPA Venda Nova havia atendido mais de 300 pacientes entre 9h às 19h. Não houve interrupção no atendimento, nem na triagem, em nenhum momento. A equipe médica conta com 5 clínicos, 2 pediatras e 1 cirurgião. A classificação dos pacientes que são atendidos nas Unidades de Pronto Atendimento prioriza os casos mais graves.”

CASOS AUMENTARAM O número de casos de dengue aumentou 19,5% em uma semana, segundo o balanço da prefeitura de BH divulgado nessa sexta-feira. Mais 6,3 mil pessoas foram infectadas em apenas uma semana. O que fez os registros saírem de 32,5 mil e saltar para 38.868. Ainda estão sendo investigados 54.419 notificações. As mortes em decorrência da dengue continuam em 12. 


Publicidade