Publicidade

Estado de Minas

Trem bate em ônibus que passava em linha férrea, em Betim, e deixa duas vítimas

Pessoas que estavam na linha 3270 e ficaram feridas foram levadas para a unidade de pronto-atendimento


postado em 19/11/2019 14:57 / atualizado em 19/11/2019 18:45

(foto: Reprodução/Redes Sociais)
(foto: Reprodução/Redes Sociais)

Duas pessoas ficaram feridas em um acidente no início da tarde desta terça-feira. Um ônibus foi atingido por um trem enquanto atravessava a linha férrea em Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

O acidente ocorreu no Bairro Jardim das Alterosas. De acordo com o Corpo de Bombeiros, o ônibus da linha 3720 (Homero Gil/Estação Eldorado) foi atingido em sua traseira durante a travessia, na rua Campos de Ourique. Duas pessoas que estavam no veículo ficaram feridas. Uma vítima sofreu corte no rosto e outra apresentava sangramento na boca e nariz. Elas foram levadas para a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) Teresópolis e liberadas em seguida.

A assessoria de imprensa do Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem (DEER/MG) informou, por meio de nota, que quando um ônibus do sistema metropolitano se envolve em um acidente com vítimas, "a empresa responsável é obrigada a prestar imediata e adequada assistência ao usuário e comunicar à Seinfra (Secretaria de Infraestrutura e Mobilidade de Minas Gerais) e ao DEER/MG do ocorrido, no prazo máximo de um dia útil após o acidente".

Acrescentou que o veículo da linha 3720 foi vistoriado em junho deste ano. O fato aconteceu durante a travessia da linha férrea, na rua Campos de Ourique, em Betim. Ainda segundo o DEER, as causas do acidente serão determinadas depois de "possível perícia técnica". O ônibus acidentado só deverá retomar sua operação depois de passar por nova vistoria pelo departamento.

Duas viaturas dos bombeiros e o Samu estiveram no local do acidente. De acordo com a corporação, o trem pertence a VLI, controladora da Ferrovia Centro-Atlântica (FCA). Em nota, a empresa lamentou o acidente e reforçou que existe sinalização no trecho. Confira na íntegra:

"A VLI, operadora da ferrovia, lamenta o registro e informa que há sinalização no cruzamento e todos os procedimentos de segurança foram adotados, como o acionamento da buzina para alertar e, em seguida, os freios de emergência. O Samu foi acionado e atendeu as vítimas que foram encaminhadas para hospitais da região. Nenhuma apresentou ferimentos graves. O cruzamento já foi liberado. Antes de atravessar uma linha férrea é importante que pedestres e motoristas sigam as orientações de “pare, olhe e escute”. Um trem pode demorar até um quilômetro para parar totalmente. A VLI promove campanhas de conscientização para reforçar os cuidados e o comportamento preventivo durante a interação com a linha"
 
* Estagiária sob supervisão da subeditora Ellen Cristie. 


Publicidade