Publicidade

Estado de Minas

PBH vai abrir centros de saúde aos sábados para vacinar contra o sarampo

Todas as 152 unidades vão funcionar entre 8h e 17h já no próximo sábado (19). Imunização será apenas para crianças maiores de seis meses e menores de cinco anos


postado em 16/10/2019 21:10 / atualizado em 16/10/2019 21:14

Doses da vacina contra a doença estão disponíveis em todas as unidades básicas de saúde (foto: Marcelo Camargo/Agencia Brasil)
Doses da vacina contra a doença estão disponíveis em todas as unidades básicas de saúde (foto: Marcelo Camargo/Agencia Brasil)

 

Todos os 152 centros de saúde de Belo Horizonte estarão abertos das 8h às 17h no próximo sábado (19) para proteger crianças contra o sarampo. A imunização se concentra, exclusivamente, nos pequenos maiores de seis meses a menores de cinco anos. É importante que responsáveis levem o cartão de vacinação da criança.


Devido ao surto da doença no país, desde agosto as crianças de seis a 11 meses também estão sendo imunizadas com a dose zero. Para esta faixa etária, o esquema vacinal é formado por três doses.


Em Belo Horizonte, cerca de 8 mil crianças já receberam a dose zero contra o sarampo, o que corresponde a 88% de cobertura vacinal. Entre as de um ano, já foram vacinadas cerca de 18 mil, 90,8% de cobertura vacinal.


Já entre a faixa etária de dois a quatro anos, cerca de 73 mil já receberam a dose da vacina, o que corresponde a 91,5% de cobertura vacinal. O Ministério da Saúde define como meta de vacinação, a cobertura vacinal de 95% do público-alvo.


Para a proteção contra a doença, são necessárias duas doses da vacina para pessoas até 29 anos e uma dose para quem tem de 30 a 49 anos. Para as crianças, a primeira dose é dada aos 12 meses e a segunda aos 15 meses.


A transmissão do sarampo ocorre por meio de secreções expelidas ao tossir, espirrar, falar ou respirar. Os sintomas da doença são febre alta, conjuntivite, tosse e manchas vermelha no corpo. Quem apresentar alguns dos sintomas deve procurar imediatamente um serviço de saúde.

 

Com informações da Prefeitura de Belo Horizonte 


Publicidade