Publicidade

Estado de Minas

Polícia apreende celular na casa de suspeito de abusar de crianças no Colégio Magnum

Até o momento, 37 pessoas já foram ouvidos, entre familiares, crianças e representantes da escola


postado em 10/10/2019 16:42 / atualizado em 10/10/2019 17:22

As investigações policiais começaram na sexta-feira(foto: Edésio Ferreira/EM/DA Press)
As investigações policiais começaram na sexta-feira (foto: Edésio Ferreira/EM/DA Press)

A Polícia Civil cumpriu, nesta quinta-feira, um mandado de busca e apreensão na casa do suspeito Hudson Nunes de Freitas, de 22 anos, acusado de abusar de crianças do Colégio Magnum, na Região Nordeste de Belo Horizonte. Um celular foi apreendido e encaminhado à perícia


Mais quatro pessoas foram ouvidas pela corporação, totalizando 37 pessoas que prestaram depoimentos até o momento, entre familiares, crianças e representantes da escola. 

O suspeito ainda não foi ouvido e não há previsão de quando ele prestará depoimento, segundo a polícia. Hudson, desde o início das investigações, negou o crime.

A apuração da polícia começou na sexta-feira. As crianças têm sido ouvidas com escutas qualificadas, já que nessa abordagem elas são assistidas por equipes multidisciplinares para evitar traumas ou revitimização (quando a criança ou o adolescente, vítima de abuso sexual, é obrigado a reviver a violência, em função do próprio sistema judiciário e da persecução penal). 
 
* Estagiária sob supervisão da subeditora Ellen Cristie. 


Publicidade