Publicidade

Estado de Minas

BH pode ter pancadas de chuva e raios nesta terça

Defesa Civil de Belo Horizonte emitiu comunicado com a possibilidade de precipitação válido até às 23h


postado em 08/10/2019 14:31 / atualizado em 08/10/2019 17:34

Chuva e raios podem ocorrer até às 23h, segundo Defesa Civil(foto: Jair Amaral/EM/D.A Press - 26/09/2019)
Chuva e raios podem ocorrer até às 23h, segundo Defesa Civil (foto: Jair Amaral/EM/D.A Press - 26/09/2019)

A chuva tão esperada pelos mineiros pode aparecer nesta terça-feira. A Defesa Civil de Belo Horizonte emitiu um comunicado informando sobre a possibilidade de pancadas de chuva com raios. As precipitações podem ocorrer até às 23h. Nesta terça-feira, a capital mineira registrou a temperatura máxima de 32,5°C na Região da Pampulha. 

As chuvas isoladas devem atingir as regiões do Triângulo Mineiro, Alto Paranaíba, Sul e Oeste do estado, já a partir desta segunda-feira. Nas faixas Leste e Norte, o céu vai ficar parcialmente nublado. 

De acordo com o meteorologista do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a possibilidade de chuva se dá por causa do avanço de uma frente fria que deve atuar no estado até a quinta-feira. “Uma frente fria avança pelo estado de Minas Gerais e aumenta a nebulosidade. Pode sim chover durante a noite e madrugada em Belo Horizonte e toda região metropolitana”, disse Cléber Souza.

Ainda segundo o meteorologista, as regiões do Triângulo Mineiro, Oeste, Sul, Zona da Mata e Campo da Vertentes chove nesta terça-feira e também deve permanecer até a quinta. O sistema que provoca as chuvas não atua no Norte e Leste do estado.

A Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec) emitiu um alerta para ocorrências de chuva forte em diferentes cidades mineiras. Em alguns municípios, pode haver queda de granizo e ocorrências de raios. 

Segundo o meteorologista do Inmet, o granizo é uma possibilidade que não deve ser descartada. “Essa época do ano sempre pode ocorrer granizo. Esquenta durante o dia, formam imensas nuvens da tarde pra noite e a tendência é ter chuva acompanhada de granizo mesmo”, disse Cléber.

Alívio na capital

Belo Horizonte teve um longo período de estiagem, que foi interrompido nesse domingo. Alguns pontos da cidade foram atingidos por uma precipitação rápida no início da tarde. As estações meteorológicas do Inmet registraram o acumulado de 4,2 milímetros (mm) de água. A última chuva significativa, segundo o instituto, foi em 4 de junho. Neste tempo, a cidade até teve uma precipitação acompanhada de granizo, em 23 de agosto, mas que não foi registrada pelas estações. 

“Tivemos uma chuva fraca nesse domingo que aliviou a baixa umidade. Nos próximos dias, deve ficar em 40%. Então, teremos índices mais agradáveis”, diz o especialista. A capital mineira pode ter pancadas de chuva a partir desta segunda-feira. “Nesta terça-feira, poderá ter chuva principalmente entre a tarde e o início da noite. Esta situação deve continuar até quinta-feira. Na sexta-feira, diminui um pouco”, completou.

Recomendações

A Subsecretaria de Proteção e Defesa Civil recomenda evitar áreas de inundação e não trafegar em ruas sujeitas a alagamentos e próximos aos córregos e ribeirões no momento de forte chuva, pois o seu nível pode se alterar rapidamente podendo acarretar transbordamentos. Confira outros cuidados:
%u2800
  • Tenha um lugar previsto, seguro, onde você e sua família possam se alojar no caso de uma inundação;
  • Limpe o telhado e canaletas de águas para evitar entupimento;
  • Retire todo o lixo e leve para áreas não sujeitas a inundações;
  • Se você morar ou possuir comércio em áreas sujeitas à inundação coloque seus móveis e estoques em lugares altos;
  • Colabore com a abertura de deságues para evitar o estancamento de água, pois pode causar muitos prejuízos, principalmente para a saúde;
  • Não utilizar alimentos atingidos pela água de enchente ou inundação e nem beber água de enchente ou inundação;
  • Não jogar lixo nos bueiros e boca de lobo, nem nos córregos e rios, para não obstruir o escoamento da água;
  • Não amontoe sujeira e lixo em lugares inclinados porque eles entopem a saída de água e desestabilizam os terrenos provocando deslizamentos;
  • Não deixar crianças brincando na enxurrada ou nas águas dos córregos, pois elas podem ser levadas pela correnteza ou contaminar-se, contraindo graves doenças, como hepatite e leptospirose;
  • Não tocar nem usar equipamentos elétricos que tenham sido molhados ou estejam em locais inundados, pois há risco de choque elétrico e curto-circuito;
  • Jamais se aproxime de cabos elétricos arrebentados. Ligue imediatamente para CEMIG (116) ou Defesa Civil (199);
  • Não coloque lixo nas ruas que seja de fácil propagação com o vento;
  • Revise o madeiramento de sua casa;
  • Reforce a amarração de seu telhado;
  • Desligue os aparelhos elétricos das tomadas e o gás;
  • Abaixe para o piso todos os objetos que possam cair, dentro das residências, com o vento forte (exceto em área inundável);
  • Se você observar aparecimento de fendas, depressões no terreno, rachaduras nas paredes das casas e o surgimento de minas d’água avise imediatamente a Defesa Civil.
 
* Estagiária sob supervisão da subeditora Ellen Cristie. 


Publicidade