Publicidade

Estado de Minas

Mais um criminoso morre em conflito com PM no Norte de Minas

Ele foi identificado como líder da quadrilha. Ao todo, nove integrantes morreram em confrontos com a polícia desde quarta-feira


postado em 28/09/2019 15:48 / atualizado em 28/09/2019 16:09

Armamento apreendido em poder da quadrilha. Outros integrantes ainda são procurados(foto: Luiz Ribeiro/EM/DA Press)
Armamento apreendido em poder da quadrilha. Outros integrantes ainda são procurados (foto: Luiz Ribeiro/EM/DA Press)
Mais um suspeito de planejar atacar carros-fortes e caixas eletrônicos entrou em confronto e foi morto pela Polícia Militar (PM) neste sábado no Norte de Minas. De acordo com a corporação, ele foi identificado como o líder da organização criminosa. Ocorreram seis confrontos e nove suspeitos mortos por policiais.

De acordo com o major Flávio Santiago, porta-voz da PM, contou que o homem não se entregou e atirou contra os policiais. "Mais uma vez, o azar foi pro lado deles. O confronto ocorreu na mata e ele veio a o bito no local", disse. O conflito ocorreu no município de Padre Carvalho. A identificação do homem não foi divulgada e uma arma foi apreendida. 

A coorporação informou que o confronto ocorreu em uma área de plantação de eucaliptos. A suspeita é que dois fugitivos continuam na vegetação. As buscas continuam.   


Desde quarta-feira, policiais de Minas e da Bahia cercam uma área de mata para onde fugiram os bandidos que planejavam atacar carros-fortes e caixas eletrônicos. No primeiro confronto, seis morreram baleados e quatro fugiram. O novo tiroteio, registrado na madrugada desta sexta-feira, envolveu homens que tentavam resgatar os que haviam escapado.

A quadrilha especializada em ataques a caixas eletrônicos e a carros-fortes que foi desarticulada numa operação conjunta entre as polícias militares de Minas Gerais e da Bahia e a Polícia Federal, é vinculada a uma das mais violentas facções criminosas de Salvador, apurou o Estado de Minas. Na tarde de quarta-feira, seis componentes do bando foram mortos em confronto com as forças policiais na zona rural de Padre Carvalho. Dos mortos, dois são de Minas Gerais. Um deles é José Mendes de Sá, de 36 anos, ex-candidato a vereador em Padre Carvalho.


Publicidade