Publicidade

Estado de Minas

PM usa mapa de calor e prende últimos foragidos de quadrilha no Norte de Minas; veja vídeo

Suspeitos estavam em mata fechada formada por eucaliptos na zona rural de Padre Carvalho. Antes da detenção deles, outros nove morreram em confrontos com a polícia


postado em 01/10/2019 00:04 / atualizado em 01/10/2019 08:05

 

A Polícia Militar (PM) prendeu dois suspeitos de integrarem a quadrilha de Salvador suspeita de planejar atacar carros-fortes e caixas eletrônicos. Ambos não resistiram à abordagem dos militares e foram detidos por volta das 20h desta segunda-feira (30), em Padre Carvalho, na Região Norte de Minas Gerais.


De acordo com o major Giovane Rodrigues, um fuzil M4 foi apreendido com os dois suspeitos. Segundo ele, a expectativa é que, com as duas prisões, a quadrilha tenha sido vencida completamente. Contudo, ainda haverá procura na área para localizar possíveis suspeitos.


Segundo o major Flávio Santiago, porta-voz da polícia, eles estavam em uma mata fechada formada por eucaliptos. Contudo, durante a abordagem, a PM utilizou técnicas de progressão do terreno para retirar os suspeitos da área mais densa da mata.


Um drone auxiliou o trabalho dos militares a partir de tecnologias de mapa de calor.

Fuzil M4 que foi apreendido com os dois suspeitos na noite dessa segunda-feira (30)(foto: Divulgação/Polícia Militar)
Fuzil M4 que foi apreendido com os dois suspeitos na noite dessa segunda-feira (30) (foto: Divulgação/Polícia Militar)


Em meio às negociações, a polícia conseguiu convencer os dois suspeitos a se entregarem. Dessa maneira, ao contrário dos episódios anteriores da operação, não houve troca de tiros.


De acordo com o major Giovane, os dois detidos serão levados, inicialmente, para Salinas, também no Norte de Minas. Depois, há possibilidade deles irem para Montes Claros, onde poderão ser apresentados à imprensa.


Desde o início da operação em Padre Carvalho, diversas unidades da Polícia Militar estiveram desempenhadas, inclusive equipes especializadas em confrontos em mata fechada. Uma aeronave também estava no local desde a última quarta-feira (25).


Histórico


Desde quarta-feira, policiais de Minas e da Bahia cercam uma área de mata para onde fugiram os bandidos que planejavam atacar carros-fortes e caixas eletrônicos. No primeiro confronto, seis morreram baleados e quatro fugiram.


Um novo tiroteio, registrado na madrugada desta sexta-feira, envolveu homens que tentavam resgatar os que haviam escapado. Dois morreram, o que elevou o número de óbitos para oito.


No sábado, em outro confronto, mais um homem morreu.


A quadrilha especializada em ataques a caixas eletrônicos e a carros-fortes foi desarticulada numa operação conjunta entre as polícias militares de Minas Gerais e da Bahia e a Polícia Federal. O grupo tem ligação com uma das mais violentas facções criminosas de Salvador, apurou o Estado de Minas.


Na tarde de quarta-feira, seis componentes do bando foram mortos em confronto com as forças policiais na zona rural de Padre Carvalho. Dos mortos, dois são de Minas Gerais. Um deles é José Mendes de Sá, de 36 anos, ex-candidato a vereador em Padre Carvalho.



Publicidade