Publicidade

Estado de Minas

Sol vermelho, dias quentes e possibilidade de chuva: confira a previsão do tempo

Meteorologista explica o fenômeno do Sol avermelhado e prevê dia mais quente do ano. Chuva pode ocorrer em todo estado a partir da próxima quarta-feira


postado em 20/09/2019 11:41 / atualizado em 20/09/2019 19:34

Sol avermelhado foi visto na manhã desta sexta-feira por causa de poluição(foto: Sarah de Paula/Esp. EM/Divulgação)
Sol avermelhado foi visto na manhã desta sexta-feira por causa de poluição (foto: Sarah de Paula/Esp. EM/Divulgação)
O dia começou quente e com o céu vermelho em Belo Horizonte, resultado de fatores que preocupam o clima.  A temperatura mínima na capital ficou parecida com máxima em dias amenos. 

O tom avermelhado do sol não foi um bom sinal. De acordo com o Meteorologista Cléber Souza, do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), o fenômeno é mais perceptível no início e fim do dia por causa de uma soma de fatores. “A poluição de indústrias e carros, a fuligem das várias queimadas e o tempo muito seco contribuem para este fenômeno. Quando o raio de sol bate na atmosfera poluída, fica laranja ou até vermelho”, explicou.

Os termômetros registraram 21,8°C durante a manhã e a máxima registrada durante a tarde foi de 34,3°C na estação Pampulha. As temperatura começaram a baixar à partir das 15h, quando segundo a Defesa Civil de BH os termômetros registraram 33,4°C e a umidade relativa do ar ficou em 21%, uma melhora significativa com relação ao mesmo horário do dia anterior, quando a umidade registrada foi de 14%.

Um alerta foi emitido pela Defesa Civil de Minas Gerais no começo da tarde, para chamar atenção da população de todo o estado para os riscos de incêndios florestais e à saúde ocasionados pelo tempo seco. 

Previsão do tempo

A massa de ar seco continua pairando sobre o estado de Minas Gerais. Com a falta de nuvens no céu, o dia fica quente e deve registrar temperaturas acima de 40°C no Norte de Minas e no Vale do Jequitinhonha.

O meteorologista do Inmet explica que o calor é resultado da passagem de uma frente fria no Oceano Atlântico que “empurra” o ar quente para o estado. “Quando para a frente fria, ela sempre empurra mais calor. Como se fosse uma competição, um empurrando o outro. Uma briga em que o ar quente está ganhando ultimamente”, disse Cléber.

O sábado deve registrar máxima de 36°C com a permanência da névoa seca. No domingo o céu fica parcialmente nublado e a máxima deve cair para 30°C.

Alívio na próxima semana

A chegada da primavera, na próxima segunda-feira, já deve contribuir para o declínio das temperaturas e para a possibilidade de chuva

“A partir de domingo já muda muito o quadro de secura no estado. A partir de quarta-feira entra um vento mais frio e pode chover em todas as regiões do estado”, disse o meteorologista. “Semana que vem será bem diferente dessa que passamos. Não é esperada chuva forte”, explicou.

Maiores temperaturas no ano em BH

  • Janeiro – 33,8º C
  • Fevereiro – 35ºC
  • Março – 32,7ºC
  • Abril – 31,6ºC
  • Maio – 30,4ºC
  • Junho – 30,1ºC
  • Julho - 30,3ºC
  • Agosto - 30,8ºC
  • Setembro - 36,4ºC
Fonte: Inmet
 
* Estagiária sob supervisão do editor Benny Cohen. 


Publicidade