Publicidade

Estado de Minas

Trio fica insatisfeito com roubo e atira contra proprietário de casa na Grande BH

Polícia Militar já conseguiu prender dois dos três suspeitos. Imóvel foi alvo de bandidos outras duas vezes recentemente


postado em 19/09/2019 21:20 / atualizado em 19/09/2019 22:51

Crime aconteceu em bairro próximo à BR-262, o que pode ter facilitado a fuga do trio de assaltantes(foto: Reprodução/Google Street View)
Crime aconteceu em bairro próximo à BR-262, o que pode ter facilitado a fuga do trio de assaltantes (foto: Reprodução/Google Street View)

 

A Polícia Militar (PM) prendeu dois homens suspeitos de se envolver em um assalto com tentativa de homicídio em Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. O caso aconteceu nesta quinta-feira (19).


Segundo a PM, os bandidos agiram na Rua Elba, no Bairro Arquipélago Verde, em Betim. Eles roubaram uma casa que já foi alvo de outros assaltantes por duas oportunidades recentemente.


Lá, eles roubaram dinheiro vivo (em forma de dólares estadunidense e tailandês), notebooks, relógios, um telefone celular e uma esportiva da marca Kawasaki, conforme o boletim de ocorrência.


Um militar que atendeu a ocorrência disse ao Estado de Minas que, mesmo com o sucesso do ato ilícito, os bandidos ficaram insatisfeitos com a quantia e objetos. Justamente porque a casa tinha sido roubada nos últimos dias. Por isso, eles atiraram contra o proprietário do imóvel.


O disparo atingiria o rosto do homem. Porém, ele desviou no momento exato do tiro, que o atingiu apenas de raspão. Depois disso, os assaltantes fugiram. A vítima não precisou ser socorrida ao hospital.


A polícia prendeu o primeiro envolvido no Bairro Padre Eustáquio, na Região Nordeste de Belo Horizonte.


Já o segundo foi detido no aglomerado conhecido como Subaco das Cobras, em Betim. Ele estava com a moto esportiva e tentou fugir, segundo a PM.


Contudo, as viaturas fizeram o cerco e prenderam o acusado. Os dois detidos foram levados para uma delegacia de Betim. A corporação procura, agora, pelo terceiro envolvido.


Os presos já têm passagens por tráfico de drogas, homicídio, roubo e furto, segundo a corporação.


Publicidade