Publicidade

Estado de Minas

Padrasto é preso suspeito de estuprar enteada de 15 anos em Uberaba

Vítima contou aos policiais que o padrasto disse que "ficou sabendo" que ela não era mais "mocinha" e precisava se certificar


postado em 13/09/2019 22:06

Um homem de 44 anos foi preso em flagrante suspeito de estuprar a enteada, de 15, na madrugada desta sexta-feira em Uberaba, no Triângulo Mineiro. Vítima contou aos policiais que ele disse que queria saber se ela ainda era "virgem". 

De acordo com o Boletim de Ocorrência, por volta de 00h, a garota dormia no quarto ao lado do irmão de 8 anos quando foi surpreendida pelo padrasto. Ele estaria com uma faca e teria obrigado a adolescente a ir para o outro quarto.

Lá, ela contou que ele tentou tirar o short com que dormia. Ela reagiu, mas, ele acabou por rasgar a veste da vítima. Em depoimento à polícia, ela contou que o padrasto disse que "ficou sabendo" que ela não era mais "mocinha" e precisava de verificar.

Ela gritou e chorou, mas a mãe – que segundo a própria vítima toma remédios para dormir – não acordou com o barulho. Foi quando o padrasto abusou da garota.

A jovem decidiu contar para a mãe apenas à tarde, depois de voltar a escola. A mãe, que estava grávida, passou mal. Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Ela recebeu atendimento e, já na unidade de saúde, a jovem relatou aos médicos o abuso sofrido.

A Polícia Militar (PM) foi acionada. O padrasto foi encontrado em casa e preso em flagrante. Ele disse aos policiais que bebeu na noite anterior e que não se lembra do abuso.


Publicidade