Publicidade

Estado de Minas

Homem usa cartão da filha deficiente para pegar ônibus em BH e é preso

Suspeito ainda agrediu e ameaçou matar um fiscal que o repreendeu pelo uso irregular do benefício. Ele usava o cartão, também, para vender passagens no ponto de ônibus e lucrar em cima das dificuldades da filha


postado em 21/08/2019 17:45 / atualizado em 21/08/2019 18:54

Cartão apreendido nesta quarta-feira pela polícia(foto: Divulgação/PM)
Cartão apreendido nesta quarta-feira pela polícia (foto: Divulgação/PM)

 

A Polícia Militar (PM) prendeu um homem de 36 anos que tentou pegar um ônibus em Belo Horizonte usando um cartão de gratuidade para deficientes físicos. O benefício pertence à filha do acusado, segundo a PM, e o caso aconteceu na tarde desta quarta-feira (21).


Ao tentar passar pela roleta de um ônibus da linha 3910 (Jardim Canadá II/Belo Horizonte), o suspeito foi repreendido por um funcionário da empresa de ônibus, responsável pro fiscalizar o motorista e passageiros que frequentam o coletivo. O fiscal apreendeu o cartão usado pelo homem.


Insatisfeito com a repreensão, o acusado deu uma “gravata” no fiscal e roubou R$ 76 dele. Segundo a corporação, o homem fugiu depois dos atos ilícitos.


Acionada, a polícia conseguiu localizar o suspeito e o prendeu na Rua Guaranis, no Centro da capital. Ao ser detido, o homem voltou a atacar o fiscal e disse que iria matá-lo. “Tem muita gente que acha que isso não é crime, mas é. E estelionato é uma pena pesada”, alerta o tenente Washington Junio Amaral, do 1º Batalhão da Polícia Militar.


O preso desta quarta, inclusive, usava o cartão da filha para vender passagens no ponto de ônibus. A tarifa da linha 3910 é de R$ 6,70, mas ele vendia a passagem por apenas R$ 6 para lucrar em cima das dificuldades da deficiente.


O cartão apreendido concede gratuidade no transporte público para pessoas com deficiência e um acompanhante, que precisa estar junto ao portador de deficiência. O benefício não pode ser vendido nem emprestado.

 

O suspeito foi levado para a Central de Flagrantes (Ceflan) 2, na Rua Conselheiro Rocha, no Santa Tereza, Região Leste de BH. 


Publicidade