Publicidade

Estado de Minas

Homem mata a ex e fere mãe dela em Belo Horizonte

O feminicídio aconteceu no Bairro Mantiqueira, na Região de Venda Nova. Testemunhas afirmaram à polícia que Gleisson Fábio de Souza Pereira, de 26 anos, não aceitava o fim do relacionamento


postado em 17/08/2019 14:09

Crime aconteceu no Bairro Mantiqueira, em Venda Nova(foto: Google Street View/Reprodução)
Crime aconteceu no Bairro Mantiqueira, em Venda Nova (foto: Google Street View/Reprodução)

Mais uma família de Belo Horizonte sofre com a perda de um ente querido em um feminicídio. Uma jovem de 19 anos foi assassinada com uma facada nas costas no Bairro Mantiqueira, na Região de Venda Nova. A mãe dela tentou defendê-la do ataque e também acabou ferida. Ela afirmou à polícia que o autor do crime é o ex-namorado da garota, que não aceitava o fim do relacionamento. Buscas são realizadas neste sábado pelo o homem.

O crime aconteceu no fim da tarde dessa sexta-feira. De acordo com o boletim de ocorrência da Polícia Militar (PM), testemunhas acionaram o 190 por volta das 17h30, denunciando que Luana Cristna da Silva Rosa tinha sido esfaqueada pelo ex-companheiro. Quando a viatura chegou no local, a vítima já tinha sido socorrida pelo namorado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Venda Nova. Porém, ela não resistiu aos ferimentos.

Os policiais socorreram a mãe da jovem, de 46 anos, e a encaminharam para o Hospital Risoleta Neves. A mulher foi atingida por uma facada na região lombar. Em conversa com os policiais, ela afirmou que foi defender a filha, que estava sendo atacada pelo ex-companheiro dela.

A mulher contou, ainda, que o autor não aceitava o término do relacionamento com Luana. Com isso, no fim da tarde de sexta-feira, ele chegou na Rua Jovino Rodrigues Pêgo com uma faca grande, com cabo branco. Ele desferiu golpes na filha dela e também a atacou.

Segundo a PM, Gleisson Fábio de Souza Pereira fugiu do local. Buscas estão sendo feitas para tentar encontrá-lo. Ele não tinha sido preso até a publicação desta reportagem.

Advogado ataca a ex


Esta não foi a única ocorrência de violência contra a mulher registradas em Belo Horizonte. Um advogado se matou com um tiro na cabeça na madrugada deste sábado depois de tentar assassinar a ex-companheira no Bairro Braúnas, na Pampulha. Para cometer o crime, ele saiu de Campinas, interior de São Paulo, num carro carregado de armamento e munições de uso restrito das polícias Civil e Militar e das Forças Armadas.


Publicidade