Publicidade

Estado de Minas

Mulher assassinada pelo ex em Santa Luzia tinha medida protetiva contra ele

Luiz Carlos dos Santos, de 49 anos, foi preso na manhã desta segunda-feira e confessou o assassinato. Alessandra Cristiane Solane, de 45, foi morta a facadas


postado em 12/08/2019 14:28 / atualizado em 12/08/2019 14:42

Homem cometeu o assassinato na casa da ex-companheira(foto: TV Alterosa/Reprodução)
Homem cometeu o assassinato na casa da ex-companheira (foto: TV Alterosa/Reprodução)

A medida protetiva contra Luiz Carlos dos Santos, de 49 anos, não o impediu de atacar a ex-companheira na noite de domingo em Santa Luzia, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. O homem fugiu depois do crime e foi encontrado nesta segunda-feira caminhando pela cidade. Ao ser preso, segundo a Polícia Militar (PM), confessou o assassinato e disse que sempre teve atritos com a mulher, com quem teve um relacionamento de 25 anos. O casal estava separado há aproximadamente dois meses.

O feminicídio aconteceu por volta das 22h de domingo. Alessandra Cristiane Solane, de 46 anos, foi assassinada a facadas pelo ex-companheiro dentro de casa, no Bairro Asteca. Familiares encontraram o corpo da mulher e acionaram a Polícia Militar. No local, peritos apreenderam uma faca de açougueiro utilizada no crime e constataram ao menos uma perfuração no tórax da vítima.

A PM iniciou as buscas pelo homem, e o encontrou por volta das 10h desta segunda-feira. “Desde que o crime aconteceu, iniciamos o rastreamento. Tivemos informações de que ele estava transitando a pé pela Avenida Brasília. Fizemos o cerco e conseguimos encontrar com o autor”, explicou o sargento Alex Estevão de Souza.

Ao ser preso, Luiz Carlos confessou o crime, segundo a PM. “Confessou a autoria do crime. Afirmou que tinha um relacionamento de 25 anos com a vítima. Há aproximadamente dois meses eles se separaram. Ontem (domingo), mesmo tendo uma medida protetiva ele a procurou. Durante uma discussão, ele pegou uma faca e atacou a ex-companheira”, disse o militar.

O homem foi encaminhado para a delegacia, onde deverá ser autuado em flagrante pelo crime.


Publicidade