Publicidade

Estado de Minas

Polícia procura homem suspeito de assassinar cruelmente mulher em Uberaba

Corpo da vítima, ainda não identificada, foi encontrado nu, com as mãos amarradas para trás e com um fio enrolado no pescoço. Suspeito tem mandado de prisão em aberto por estupro


postado em 08/08/2019 15:35 / atualizado em 08/08/2019 15:49

Buscas foram feitas na casa onde vítima foi encontrada, pois havia a suspeita de ter mais um corpo escondido no terreno(foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)
Buscas foram feitas na casa onde vítima foi encontrada, pois havia a suspeita de ter mais um corpo escondido no terreno (foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)

Buscas estão sendo feitas em Uberaba, na Região do Triângulo Mineiro, por um homem apontado como autor de um homicídio cruel contra uma mulher. A vítima foi encontrada nua com as mãos amarradas para trás e com um fio enrolado no pescoço. O suspeito já tem um mandado de prisão em aberto por estupro. Militares fizeram uma varredura, nesta quinta-feira, no quintal da residência, pois havia informações de que mais um corpo poderia estar enterrado no local. Mas, nada foi encontrado.


O crime foi descoberto na manhã de quarta-feira. Vizinhos de uma casa localizada na Avenida Alberto Martins Fontoura Borges, no Bairro São Benedito, começaram a notar um mau cheiro vindo do imóvel há dias. Como não encontraram o morador da residência, que é alugada, acionaram o proprietário que também tentou encontrar o homem. Mas, sem sucesso. Diante disso, foi até o local com as chaves e entrou.


Em um dos quartos, encontrou o corpo de uma mulher. Ela estava deitada em um colchão de casal que estava no chão. De acordo com informações do boletim de ocorrência da Polícia Militar (PM), a vítima estava sem roupa e com uma coberta por cima. A perícia da Polícia Civil constatou que ela estava com as mãos amarradas para trás com um fio de energia elétrica preso no pescoço. Além disso, indicou possíveis sinais de violência sexual.


Segundo a PM, testemunhas contaram que o morador suspeito do crime foi visto pela última vez em 28 de julho. Ele teria afirmado, segundo a testemunha, que havia se separado da mulher e estaria namorando outra garota. Desde então, ele não é visto na região. De acordo com a PM, o homem tem um mandado de prisão em aberto por estupro.

De acordo com a Polícia Civil, o corpo estava em avançado estado de decomposição. Por causa disso, não foi possível a identificação da vítima. Foi possível verificar que ela tem algumas tatuagens, como o escrito Lucas MR My Friend, no braço esquerdo, DJ na mão do mesmo lado, e Yohana, no braço direito.


Buscas na residência


Durante as apurações do caso, a polícia recebeu informações de que poderia ter outro corpo enterrado no quintal da residência. Por causa disso, na noite de quarta-feira e nesta quinta-feira, militares do Corpo de Bombeiros fizeram escavações no local. Segundo a Polícia Civil, nada foi encontrado. 



Publicidade