Publicidade

Estado de Minas

Casal em processo de separação é encontrado morto em casa incendiada

A Polícia Civil investiga se o homem, de 43 anos, assassinou a companheira, de 33, e depois tirou a própria vida. Duas filhas da mulher estavam na escola no momento do crime


postado em 08/08/2019 13:23 / atualizado em 08/08/2019 13:53

Lourival Carvalho dos Santos Rocha, de 43 anos, e Ivoneide Conceição de Souza, de 33, estavam em processo de separação(foto: Polícia Militar (PM) / Divulgação)
Lourival Carvalho dos Santos Rocha, de 43 anos, e Ivoneide Conceição de Souza, de 33, estavam em processo de separação (foto: Polícia Militar (PM) / Divulgação)

A Polícia Civil vai investigar a morte de um casal em União de Minas, na Região do Triângulo Mineiro. Lourival Carvalho dos Santos Rocha, de 43 anos, e Ivoneide Conceição de Souza, 33, estavam em processo de separação, segundo a Polícia Militar (PM). Na manhã desta quinta-feira, os dois foram encontrados mortos dentro de uma casa incendiada. Os corpos estavam carbonizados. A suspeita inicial é de feminicídio seguido de suicídio. Duas filhas da mulher estavam na escola no momento do crime.

Moradores vizinhos apagaram o incêndio na residência(foto: Polícia Militar (PM) / Divulgação)
Moradores vizinhos apagaram o incêndio na residência (foto: Polícia Militar (PM) / Divulgação)


O que seria uma ocorrência de incêndio a uma residência terminou sendo de crime. Moradores vizinhos à casa, localizada na Rua Dezoito, no Centro, conseguiram conter as chamas com a ajuda de um caminhão-pipa do município. A Polícia Militar (PM) foi acionada, pela suspeita do fogo ter sido colocado propositalmente.

Na casa, foram encontrados os corpos de Lourival e Ivoneide, os dois estavam carbonizados. “Aparentemente, o casal estava em fase de separação. O perito comprovou que o homem estava com uma corda no pescoço. O que leva a crer que ele suicidou. Porém, como os corpos estavam carbonizados, não dá para saber realmente se isso aconteceu. Somente as investigações vão indicar o que aconteceu”, explicou o sargento João Carlos Parpinelli, que atendeu a ocorrência.

Corpos foram encontrados carbonizados dentro da casa(foto: Polícia Militar (PM) / Divulgação)
Corpos foram encontrados carbonizados dentro da casa (foto: Polícia Militar (PM) / Divulgação)


Testemunhas contaram que Lourival já não estava morando na residência, pois estava em processo de separação. “O homem não vivia mais lá, já estava separado. Viviam lá a mulher e duas meninas, de 6 e 11 anos. No momento do crime, elas estavam na escola”, contou o militar.

Os corpos foram removidos. A Polícia Civil vai investigar o que ocorreu na residência.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade