Publicidade

Estado de Minas

Incêndios atingem vegetação em pontos distintos da Região Centro-Sul de BH

As chamas se espalharam rapidamente devido ao tempo seco e os ventos fortes. As causas ainda estão sendo apuradas


postado em 07/08/2019 14:53 / atualizado em 07/08/2019 15:52

Ver galeria . 6 Fotos Leandro Couri/EM/D.A.Press
(foto: Leandro Couri/EM/D.A.Press )

Incêndios mobilizam o Corpo de Bombeiros na tarde desta quarta-feira na Região Centro-Sul de Belo Horizonte. As chamas se espalham rapidamente pela vegetação às margens da Avenida Eurico Gaspar Dutra, no Bairro Belvedere, e da BR-356. Duas viaturas da corporação estão empenhadas para debelar os dois focos. As causas ainda estão sendo investigadas.



O incêndio se espalha por uma grande área. Há focos no Bairro Belvedere e próximo ao Bairro Santa Lúcia. A fumaça proveniente da queima da vegetação invadiu algumas vias movimentadas, como a BR-356, e prejudicou a visibilidade dos motoristas.

Moradores da região passaram por um susto na última semana com um outro incêndio de grandes proporções. Em 31 de julho, as chamas se espalharam pela Serra do Curral e se aproximaram de imóveis, como uma escola localizada nas imediações da Praça Alaska, no Bairro Sion.

A destruição causada pelo incêndio deixou preta e cinza uma área de 7,2 hectares da Serra do Curral, um dos símbolos da capital mineira. As ocorrências nos espaços verdes de Belo Horizonte vêm aumentando. De janeiro a julho deste ano, os focos de incêndio e calor captados pelos satélites do Programa de Queimadas do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) em BH chegaram a 26.

O número é 136% maior que o mesmo período do ano passado, quando foram registrados 11. De acordo com o Corpo de Bombeiros Militar – corporação que previne, monitora e combate os incêndios florestais e queimadas descontroladas – cerca de 99% das causas desse fogo são humanas, sendo a incineração de lixo a principal causa.

Evite as chamas


Dicas de segurança contra incêndios em matas e florestas

Não solte balões ou fogos de artifício perto de matas ou áreas rurais

Não lance guimbas de cigarros acesos pelas janelas de veículos ou no chão em áreas rurais ou às margens de rodovias

Evite o acúmulo de lixo em lotes vagos

Ao realizar a capina de um lote vago, prefira ensacar os resíduos a realizar a queima desses

Denuncie quaisquer ações criminosas ou negligentes que possam culminar em um incêndio florestal, pelo número 181 (Disque Denúncia)

 


Publicidade