Publicidade

Estado de Minas

Saiba como ajudar pitbulls resgatados em situação de abandono em Sabará

16 dóceis pitbulls já podem ser adotados. Outros 30 cães ainda estão em sítio e precisam de ração


postado em 17/07/2019 19:42 / atualizado em 18/07/2019 13:52

Segundo ONG protetora, todos são muito carentes e dóceis com humanos(foto: Reprodução/ Whatsapp)
Segundo ONG protetora, todos são muito carentes e dóceis com humanos (foto: Reprodução/ Whatsapp)
Animais encontrados em situação de maus-tratos estão disponíveis para adoção. Na semana passada, o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) deflagrou uma operação para reprimir o abandono de cães em um abrigo particular situado na zona rural de Sabará, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Foram encontrados 48 cães de grande e médio portes. Desses, 16 já foram para o médico e estão disponíveis para adoção. Todos são muito carentes e dóceis com humanos.

Em geral os animais foram encontrados muito magros, subnutridos, com alimentação inadequada e apresentando lesões de pele em várias partes do corpo.

"O que vimos lá no sítio é muito mais que crueldade. São vítimas de extrema covardia. Arrancaram a alma daqueles animais ao confiná-los com uma corrente de 12kg, 24 horas por dia, a vida inteira, desde que nasceram, sofrendo fome, frio, calor e com doenças. Mesmo assim são dóceis com humanos, nos pedem carinho e querem nos abraçar o tempo todo! É a pior situação que eu vi nos últimos anos", relatou uma das protetoras integrantes da ação.

A retirada dos animais, que são mestiços de pitbulls, mas dóceis, será gradual porque ainda não há para onde levar todos. 13 cães estão no Hospital Veterinário da Faculdade Arnaldo. Outros três estão no Hospital Veterinário da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Na ocasião, o autor firmou termo de compromisso com o MP para melhorar as condições dos animais que ainda estão no local até sua efetiva retirada. O suspeito compareceu ao MPMG, prestou depoimento e assinou Termo de Ajustamento de Conduta preliminar que o obrigou a adotar medidas emergenciais, sob a orientação de médico veterinário, para assegurar o bem-estar dos cães.

Trata-se de um policial civil. Ele se comprometeu a entregar os cães para adotantes indicados pelo Ministério Público.

COMO AJUDAR

Órgãos pedem urgente para encontrar adotantes ou pessoas que possam dar lares temporários. Também é necessário a adoção de ração de boa qualidade para alimentar os que ficaram no sítio.

Interessados em adotar ou dar lar temporário devem enviar email para cedef@mpmg.mp.br ou ligar para o telefone 3330-9911

Quem puder doar ração:

Sede do Conselho Regional de Medicina Veterinária de MG
Rua Platina, 189, Bairro Prado

Unidade Anchieta
3524-5200
Rua Vitório Marçola, 360, Anchieta

BH Unidade Funcionários
3524-5000
Praça João Pessoa, 200


Publicidade