Publicidade

Estado de Minas

Polícia encontra idoso morto em praça de BH; causa pode ter sido o frio

Wilton Ribeiro de Freitas, de 61 anos, foi encontrado na manhã desse domingo (7), mesmo dia em que BH registrou 5,7°C


postado em 08/07/2019 20:46

Imagem meramente ilustrativa(foto: Guilherme Paranaiba/EM/D.A Press)
Imagem meramente ilustrativa (foto: Guilherme Paranaiba/EM/D.A Press)

 

A polícia investiga se um idoso, de 61 anos, morreu por causa do frio em Belo Horizonte. O corpo dele foi encontrado na Praça Salermo, no Bairro Parque Riachuelo, na Região Nordeste da cidade, na manhã desse domingo (7).


Segundo a polícia, Wilton Ribeiro de Freitas não tinha quaisquer marcas de violência. A PM se deslocou ao local por volta das 10h de domingo e, de imediato, acionou o Samu, que constatou o óbito.


As causas da morte só poderão ser definidas após o trabalho da perícia da Polícia Civil. O laudo cabe ao Instituto Médico-Legal.


Wilton perdeu a vida no dia em que Belo Horizonte registrou a temperatura de 5,7°C, na estação meteorológica de Cercadinho, instalada no Bairro Buritis, na Região Oeste. BH teve sensação térmica de -8°C no local.


Doenças


Na edição desta segunda-feira (8), o Estado de Minas mostrou como a onda de frio favorece o diagnóstico de doenças respiratórias. Principalmente por conta do tempo frio e seco.


Dados da Secretaria Municipal de Belo Horizonte mostram que o número de doentes vem aumentando. Já são 61 casos confirmados de gripe provocados pelo vírus Influenza. Destes, 86,8% foram provocados pelo H1N1.


Também foram registrados um caso por H3N2, seis por vírus não subtipáveis e um por Influenza B. Já em relação às mortes, foram oito por H1N1, e uma pelo tipo A não subtipável.


Apesar de a cidade ter batido a meta de vacinação do público-alvo, os moradores ainda correm o risco de serem infectados e/ou terem outros tipos de doenças típicas da época, como alergias, resfriados ou enfermidades respiratórias provocadas por bactérias.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade