Publicidade

Estado de Minas

Tiroteio após festa junina deixa dois mortos e três feridos em Vespasiano

Festa era realizada no Bairro Jardim da Glória com permissão da prefeitura. No entanto, após o término, começou uma disputa de som e dois homens em uma moto chegaram atirando


postado em 01/07/2019 09:36

Tiroteio ocorreu na Rua São Carlos, quando pessoas participavam de uma disputa de som automotivo(foto: Reprodução da internet/Google Maps)
Tiroteio ocorreu na Rua São Carlos, quando pessoas participavam de uma disputa de som automotivo (foto: Reprodução da internet/Google Maps)


Cinco jovens foram baleados e dois morreram em um tiroteio no fim da noite de domingo no Bairro Jardim da Glória, em Vespasiano, Região Metropolitana de Belo Horizonte. O crime ocorreu depois de uma festa junina, quando carros de som começaram a fazer uma disputa na rua. Os autores do crime fugiram. 

O crime ocorreu na Rua São Carlos. Segundo a Polícia Militar (PM), mais cedo, no cruzamento com a Rua Moura Lima, era realizada uma festa junina autorizada pela prefeitura. Os organizadores chegaram a apresentar o alvará para a PM e, após o crime, uma das pessoas da equipe informou que o evento terminou no horário estabelecido. Mais tarde, proprietários de dois veículos que estavam estacionados ligaram o som automotivo e começaram uma disputa ao som de funk. Pouco antes das 23h, os tiros começaram e a polícia foi acionada. 

Quando os militares chegaram ao local, foram recebidos por muitas pessoas gritando e apontando para os feridos. Três foram levados para o Hospital Risoleta Neves, na Região de Venda Nova, em BH. Luciano de Jesus Dias, cuja idade não foi confirmada, deu entrada no hospital já sem vida. As outras duas vítimas são um rapaz de 21 anos baleado no pé e um outro rapaz, também sem a idade confirmada, atingido no tórax. 

Onofre Tadeu da Silva, de 20 anos, estava caído no local do crime e foi avaliado por militares do Corpo de Bombeiros, que não detectaram sinais vitais. A morte dele foi confirmada pela perícia da Polícia Civil. O corpo foi levado ao Instituto Médico Legal (IML). 

A quinta vítima deu entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Vespasiano, e os militares seguiram para o local. Lá, o jovem de 20 anos contou que não viu de onde partiram os disparos. Ele levou um tiro no pé esquerdo. 

Ainda segundo a PM, testemunhas que não quiseram se identificar disseram que os disparos foram feitos por dois homens que chegaram em uma motocicleta escura e fugiram depois do crime. Na rua, os policiais apreenderam um revólver calibre 38 com numeração raspada, jogado perto do meio-fio, três cartuchos de munição deflagrados e um intacto. A ocorrência foi encaminhada à Delegacia de Plantão de Vespasiano. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade