Publicidade

Estado de Minas

Caminhão bate em balança do Dnit e pega fogo em Ribeirão das Neves

Pelo menos uma pessoa, já identificada, morreu na batida. A guarita ficou destruída. Viaturas e helicóptero dos Bombeiros atendem ocorrência


postado em 16/06/2019 10:43 / atualizado em 16/06/2019 19:25

Guarita da PRF que está desativada ficou totalmente destruída(foto: Bombeiros/Divulgação)
Guarita da PRF que está desativada ficou totalmente destruída (foto: Bombeiros/Divulgação)
Um caminhão se chocou contra uma guarita da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e destruiu uma balança desativado do Dnit, na manhã deste domingo, na BR-040, no Bairro Veneza, em Ribeirão das Neves, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. O acidente ocorreu no km 507, antes do Posto Chefão, sentido Brasília. O corpo do motorista foi encontrado sob os escombros.

 

Entre as placas de ardósia, destroços da carreta e das vigas metálicas do posto, foi encontrado o corpo do condutor do veículo de transporte de cargas, Luiz Carlos Quirino, de 52 anos. Devido ao acidente, o trânsito  na rodovia foi parcialmente interrompido, o que se refletiu numa lentidão de 10 quilômetros.

 

Cinco viaturas do Corpo de Bombeiros e o helicóptero Arcanjo 4 atendem a ocorrência. O caminhão, que transportava placa de ardósia, pegou fogo. De acordo com os militares, a estrutura do posto, que está desativado, foi bastante danificada e o local está com muita fumaça, o que dificulta a visualização de vítimas.

O veículo, placa GWI 7792, é da cidade de Papagaios, na Região Central do estado. Por conta do choque, a carga prensou a cabine, o que dificulta ainda mais os trabalhos de procura por vítimas.


O local do acidente é uma reta com 2,5 quilômetros de extensão e duas pistas por sentido, sem separação física por muretas ou guardrails. Fica bem ao centro do Bairro Florença, próximo à fábrica dos refrigerantes Del Rey e ao lado do Condomínio Vale das Acácias. É um ponto de grande movimentação por ter acessos viários ligando a rodovia a vários corredores que passam pelo bairro e o conectam com outras áreas de Ribeirão das Neves.

O posto rodoviário do local está abandonado e foi completamente depredado, tendo sido pichado, portas arrancadas e janelas destruídas. O local é também um ponto de travessia de pedestres que insitem e m não utilizar uma passarela que se encontra a apenas 350 metros, sendo também comum o espaço servir para pessoas pedirem carona.

Aguarde mais informações 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade