Publicidade

Estado de Minas

Polícia prende falso médico flagrado na UPA São Benedito, diz prefeitura de Santa Luzia

Caso foi registrado no último sábado. Ao notar que seria descoberto, ele conseguiu sair da unidade e fugiu. Prisão foi confirmada pela prefeitura da cidade


postado em 12/06/2019 12:34 / atualizado em 12/06/2019 12:39

Fachada da UPA São Benedito, em Santa Luzia(foto: Reprodução da internet/Google Maps)
Fachada da UPA São Benedito, em Santa Luzia (foto: Reprodução da internet/Google Maps)


A Prefeitura de Santa Luzia comunicou, nesta quarta-feira, a prisão do suspeito de se passar por médico na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) São Benedito no último fim de semana. Segundo a comunicação da prefeitura da cidade da Grande BH, o homem foi levado para a Delegacia da Polícia Civil do Bairro Palmital nesta manhã. 

O caso foi descoberto no sábado. Segundo o boletim de ocorrência da Polícia Militar (PM), ele chegou à UPA pela manhã e se identificou como médico substituto. O nome passado por ele constava no sistema administrativo. Por causa disso, foi autorizado a trabalhar no local. 

Segundo a PM, o jovem entrou para o serviço e atendeu dois pacientes. Funcionários da farmácia estranharam as receitas entregues nas duas consultas, pois continham erros. Por causa disso, acionaram a gerente da unidade, que pediu para outro médico que estava de serviço avaliar. Ao verificar os receituários, ele notou várias inconsistências.

O médico foi até o homem e passou a questioná-lo, segundo a PM. Diante das alegações, o suspeito afirmou que era residente. No boletim de ocorrência consta que ele se mostrou confuso ao ser questionado sobre em qual faculdade de formou, e quanto tempo fazia residência. Devido a isso, os profissionais da UPA chamaram polícia 

Antes da viatura chegar no local, o homem conseguiu sair da unidade e fugiu. Um celular deixado por ele foi contatado, mas sem sucesso. (Com informações de João Henrique do Vale)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade