Publicidade

Estado de Minas

Mulher é presa por tráfico internacional de drogas no Aeroporto de Confins

A massoterapeuta tentou esconder mais de 10 quilos de ecstasy em fundo falso da mala


postado em 29/05/2019 13:24 / atualizado em 29/05/2019 14:26

(foto: Polícia Federal/Divulgação)
(foto: Polícia Federal/Divulgação)

Uma massoterapeuta, de 34 anos, foi presa na tarde da última terça-feira enquanto tentava transportar drogas no fundo falso da mala, no Aeroporto Internacional Tancredo Neves, em Confins, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

A mulher desembarcou no Aeroporto de Confins durante uma ponte aérea de Bruxelas, na Bélgica, com destino ao Rio de Janeiro. De acordo com a Polícia Federal (PF), ela carregava cerca de 12,5 quilos de ecstasy, além de cerca de 1.500 pesos argentinos, cerca de US$ 1.400 e cerca de 200 euros, que foram apreendidos. 

Segundo a PF, a mulher é natural do Paraguai e morava em Buenos Aires, na Argentina. Ela foi encaminhada para a penitenciária Estevão Pinto, em Belo Horizonte. Se for condenada, pode cumprir até 25 anos de reclusão.

Combate ao crime no aeroporto

“Há dois anos, a Polícia Federal intensificou os trabalhos de repressão a drogas no Aeroporto de Confins, com utilização constante de cães farejadores e de equipamentos de raio x, o que aumentou significativamente o número de prisões em flagrante e apreensões de drogas. Qualquer pessoa pode colaborar com a Polícia Federal, prestando informações que ajudem no combate aos crimes, sendo sempre mantido o sigilo da fonte”, afirma a instituição. 
 
(foto: Polícia Federal/Divulgação)
(foto: Polícia Federal/Divulgação)


*Estagiária sob supervisão da subeditora Ellen Cristie. 


Publicidade