Publicidade

Estado de Minas

H1N1 já matou quatro pessoas em Minas neste ano

Entre as mortes estão dois moradores de Belo Horizonte, um em Juiz de Fora, na Zona da Mata, e outro em Andrelândia, no Sul do estado


postado em 24/05/2019 15:58 / atualizado em 24/05/2019 16:06

Vacinas estão a disposição da população em todos os postos de saúde(foto: Jair Amaral/EM/D.A Press. )
Vacinas estão a disposição da população em todos os postos de saúde (foto: Jair Amaral/EM/D.A Press. )

As mortes por Influenza aumentaram em Minas Gerais. Dados da Secretaria de Estado de Saúde (SES/MG) mostram que quatro pessoas perderam a vida neste ano depois de contraírem o vírus H1N1. Destas, duas eram moradoras de Belo Horizonte. Também foram registradas mortes em Juiz de Fora, na Zona da Mata, e Andrelândia, no Sul do estado. Uma das formas de atenuar os sintomas é por meio da vacinação. Doses estão à disposição do publico-alvo em todas as unidades do Sistema Único de Saúde (SUS).

Desde o início do ano, foram notificados 1.105 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG). Destes, 56 casos foram confirmadas como sendo provocados por Influenza, e 148 para outros vírus respiratórios.. Até o momento, segundo a SES, foram processadas 204 amostras. O restante ainda está sendo analisado.

O H1N1 é o vírus Influenza com mais registros. Foram 47 casos confirmados. Seguido pelo H3N2, com quatro casos. Também há cofirmação de infecção por Influenza B e Influenza A não subtipado.

Já em relação as mortes por SRAG, foram 101, sendo 15 por associação a vírus respiratórios. Destes, quatro por Influenza, todos por H1N1. Sendo, dois pacientes em Belo Horizonte um em Juiz de Fora, e outro em Andelândia.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade