Publicidade

Estado de Minas

Homem se intromete em briga de casal e mata cunhada na Grande BH

Após mulher dizer que mataria o companheiro se ele não a deixasse sair de casa, o irmão deu três tiros na vítima


postado em 11/05/2019 09:03 / atualizado em 11/05/2019 10:36

O crime ocorreu em um sítio em Esmeraldas, na Região Metropolitana de BH(foto: Facebook / Prefeitura de Esmeraldas)
O crime ocorreu em um sítio em Esmeraldas, na Região Metropolitana de BH (foto: Facebook / Prefeitura de Esmeraldas)

Um morador de Esmeraldas, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, resolveu se meter em uma briga de marido e mulher e acabou matando a cunhada na noite dessa sexta-feira (10) com a arma que tinha no sítio em que mora ao lado da casa do casal. Até a manhã deste sábado, ele ainda não havia sido encontrado pela Polícia Militar mesmo após o rastreamento da região feito com o auxílio de um helicóptero.

De acordo com a PM, Sebastião Pereira da Silva, de 52 anos, matou Marli da Penha Barbosa, de 50 com três tiros.

Tudo começou com uma discussão entre Marli e o companheiro, de 38 anos, que não queria deixar a mulher sair de casa para ir a uma cidade vizinha. Alterada, Marli disse que mataria o companheiro se ele tentasse impedi-la.

O filho de Marli, que não teve o nome identificado para evitar retaliações, testemunhou  tudo. De acordo com ele, Sebastião ouviu o atrito do casal e gritou para Marli que se ela encostasse a mão no irmão dele, quem morreria seria ela. Ela então o desafiou a fazer isso. Sebastião pulou o muro e atirou no chão.

De acordo com o filho da vítima, Marli disse que o cunhado não teria coragem de atirar nela e ele revidou dando tiros na mão, na face e no ombro. O companheiro dela tentou impedir e levou uma coronhada. Marli morreu no local. O filho pediu socorro e chamou a polícia, que registrou a ocorrência na Delegacia de Ribeirão das Neves.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade