Publicidade

Estado de Minas

Taxista é obrigada a rodar por ruas de BH após ter carro invadido por homem alterado

Motorista contou aos policiais que homem invadiu seu táxi e a obrigou a dirigir por diversas ruas. Ele comprou drogas em uma boca de fumo e tentou obrigar uma mulher a entrar no carro em um bar antes de ser preso


postado em 02/05/2019 11:34 / atualizado em 02/05/2019 11:42

Um homem de 37 anos foi preso no fim da noite desta quarta-feira depois de invadir o carro de uma taxista e obrigá-la a rodar com ele por diversas ruas da cidade. Segundo a Polícia Militar, Cleiton Rodrigo Vieira, de 37 anos, entrou no carro na Rua Pouso Alegre e ordenou que a motorista de 58 anos passasse por avenidas como Afonso Pena e Contorno, antes de chegar na Rua do Ouro.

Nesse ponto, ele fez uma parada e teria comprado R$ 30 em drogas. A viagem continuou por outras diversas vias, até que na altura do número 3.822 ele mandou que a mulher parasse em um bar. Nesse local, ele tentou obrigar que uma mulher entrasse no veículo, mas ela se recusou, usando, inclusive, uma barra de ferro para se defender. Testemunhas que estavam no bar disseram que, nesse momento, a taxista ficou dando voltas no quarteirão.

O homem foi preso quando a motorista encontrou agentes da Guarda Municipal e começou a sinalizar o veículo. O carro foi parado e o homem preso. Cleiton estava visivelmente alterado, com a fala desconexa e o hálito elítico e em razão de estar bastante alterado, precisou ser algemado para evitar transtornos a outras pessoas. Como ele estava com um corte na altura do rosto, foi encaminhado à UPA Norte para atendimento. A Polícia Civil vai investigar o caso.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade