Publicidade

Estado de Minas

Estradas mineiras têm 12 mortes em acidentes na Semana Santa

Mesmo com redução em acidentes, número de mortos e feridos tiveram aumento com relação ao mesmo período no ano passado


postado em 22/04/2019 14:26 / atualizado em 22/04/2019 15:29

Carro caiu em riacho às margens da MG-338 e motorista morreu na zona rural de Barbacena na madrugada de domingo(foto: Reprodução/Google Street View)
Carro caiu em riacho às margens da MG-338 e motorista morreu na zona rural de Barbacena na madrugada de domingo (foto: Reprodução/Google Street View)

As rodovias estaduais mineiras registraram aumento no número de mortes e pessoas feridas no feriado de Semana Santa deste ano com relação a 2018. Os números foram divulgados pela Polícia Militar (PM) por meio do Comando de Policiamento Rodoviário (CPMRV), nesta segunda-feira, em balanço que abrange os quatro dias de feriado prolongado (quinta-feira a domingo).

Em 2019, as 196 pessoas ficaram feridas em acidentes. Número que representa aumento de 5% em relação a 2018, quando registrou 186 feridos. Já as vítimas fatais passaram de 11, em 2018, para 12, em 2019.

De acordo com a PM, o número de acidentes com vítimas reduziu 4%, passando de 113, em 2018, para 109, nesse feriado. O balanço ainda mostra redução de 28% no número de acidentes sem vítimas, passando de 72, no mesmo período de 2018, para 52, em 2019.

Durante a operação de feriado, oito carros foram recuperados, 445 removidos e 3.838 fotografados pelos radares, de um total de 46.238 veículos fiscalizados. Dos 6.011 testes do bafômetro realizados, 63 motoristas foram presos por dirigirem alcoolizados. Outras 66 pessoas foram presas por crimes comuns. Oito armas de fogo foram apreendidas.

“Durante todo o feriado prolongado as rodovias mineiras sob a responsabilidade da PMMG contaram com o reforço do policiamento em virtude do aumento do fluxo de veículos. Na segunda edição da operação “Assim na terra como no céu”, o CPRV e o Comando de Aviação do Estado (Comave) realizaram, simultaneamente, em todas as regiões de Minas, patrulhamentos preventivos, repressivos e fiscalizações de trânsito com o objetivo de reduzir acidentes.

Para potencializar o trabalho dos policiais militares que atuaram em solo, helicópteros do Comave foram dispostos em pontos específicos das rodovias”, afirmou a polícia.
 
* Estagiária sob supervisão da subeditora Ellen Cristie. 


Publicidade