Publicidade

Estado de Minas

Brumadinho: mais três corpos são identificados e mortos chegam a 228

Catástrofe ainda registra 49 pessoas desaparecidas. Operação está no seu 80º dia e conta com 138 bombeiros militares


postado em 14/04/2019 14:38 / atualizado em 14/04/2019 14:40

(foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press)
(foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press)

 

Em atualização divulgada neste domingo (14), a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec) informou que 228 corpos da tragédia de Brumadinho, na Grande BH, já foram identificados. Com isso, 49 pessoas permanecem desaparecidas em meio aos rejeitos da Barragem 1 da Mina do Córrego do Feijão, da Vale.


Está é a primeira vez que o número de desaparecidos está abaixo da marca de 50. Neste domingo, 80º dia de operação, 138 bombeiros militares trabalham nas zonas quentes. Outros quatro cães, de São Paulo e Goiás, também contribuem na busca por corpos e segmentos.


No momento, a corporação trabalha com 19 frentes de trabalho, 73 máquinas pesadas e um drone. O turno se iniciou às 6h e vai até as 23h. Não há previsão de chuvas em Brumadinho.


O foco dos militares se concentra em três trabalho. O primeiro deles é a retirada de rejeitos com caminhões da área interna do terminal de carregamento ferroviário, conhecido como pêra.


A corporação também se volta no desenterramento de um caminhão reboque encontrado nesse sábado (13). No território remanso 2, a corporação pretende escavar pontos indicados pelos cães, justamente na tentativa de encontrar mais corpos.


Publicidade