Publicidade

Estado de Minas

BH tem média de 135 casos prováveis de dengue por dia em 2019

Dados da Secretaria Municipal de Saúde (SMSA) mostram que já são mais de 13,7 mil notificações neste ano. Nenhuma morte foi confirmada. Centros de saúde vão abrir neste sábado


postado em 12/04/2019 18:10 / atualizado em 12/04/2019 18:55

Aumento de casos provocou superlotação das UPAs da cidade(foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press)
Aumento de casos provocou superlotação das UPAs da cidade (foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press)

A dengue avança por Belo Horizonte. Casos da doença se espalham rapidamente por todas as nove regionais da cidade, que passa por uma epidemia. Dados da Secretaria Municipal de Saúde (SMSA) mostram que já são mais de 13,7 mil notificações neste ano, uma média de 135 por dia. Devido a situação, medidas de reforços para atender a população estão sendo feitas pela prefeitura. Neste sábado, postos de saúde serão abertos em três regiões.

O boletim epidemiológico divulgado nesta sexta-feira indica que 13.713 casos prováveis de dengue foram registrados. Destes, 3.217 moradores foram diagnosticados com a doença. Outros 10.496 estão sendo investigados. Foram descartados, desde o início deste ano, por meio de investigação, 3.511 notificações. Nenhuma morte foi confirmada.

Os dados mostram um grande aumento de casos desde o início deste ano. Em janeiro, foram 336 confirmações. Em fevereiro, são 973 notificações. Já em março, foram 1886. Até 11 de abril, foram 22 pacientes que contraíram a doença.

A situação mais crítica é na Região do Barreiro. Segundo a SMSA, são 2.257 casos prováveis registrados, sendo 698 confirmados e outros 1.559 ainda em investigação. Seguida da Regional Nordeste, com 1.988, sendo 441 confirmações e 1.547 em apuração. Depois vem a Oeste, com 1.829 registro, sendo 382 confirmados, e 1.447 em investigação.

Centros abertos

Para aliviar a superlotação nas nove Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) de Belo Horizonte, a prefeitura vai abrir três centros de saúde em diferentes regiões da cidade. Os Centros de Saúde Alcides Lins (Nordeste), Santa Terezinha (Pampulha) e Tirol (Barreiro) irão abrir das 9h às 18h, para atendimento exclusivamente para pacientes com sintomas de dengue. Não serão aplicadas vacinas neste dia.

“O objetivo é ampliar o acesso da população a serviços de saúde, em áreas de maior incidência da doença. As unidades vão contar com médicos, enfermeiros, auxiliares de enfermagem e farmácia. A orientação é atender todas as pessoas que chegarem com esses sinais, mesmo aqueles que são atendidos em outros centros de saúde durante a semana”, explicou a SMSA.  

 

Veja os endereços

 Alcides Lins – Nordeste      
Rua Panema, 275 – Concórdia
Centro de Saúde Santa Terezinha – Pampulha          
Rua Senador Virgílio Távora, 157 - Santa Terezinha
Centro de Saúde Tirol – Barreiro        
Avenida Nélio Cerqueira, 15 – Tirol

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade