Publicidade

Estado de Minas

PM apreende bazuca em cidade do interior de Minas

O armamento de guerra e de uso restrito das forças armadas tem capacidade de destruir veículos blindados e derrubar helicópteros. Arma estava embaixo da cama na casa de um dos criminosos. Uma pessoa foi presa e quatro estão sendo procuradas


postado em 04/04/2019 15:36 / atualizado em 04/04/2019 17:15

Arma estava escondida embaixo da cama de uma casa no distrito de Ouro Preto(foto: Polícia Militar (PM) / Divulgação)
Arma estava escondida embaixo da cama de uma casa no distrito de Ouro Preto (foto: Polícia Militar (PM) / Divulgação)

Um armamento de alto poder de fogo foi encontrado dentro de uma casa em Amarantina, distrito de Ouro Preto, na Região Central de Minas Gerais. A bazuca estava embaixo de uma cama. A Polícia Militar (PM) chegou até a arma durante levantamentos para prender criminosos que assaltaram uma casa em Itabirito. Três homens invadiram uma casa e agrediram a vítima. Em seguida, fugiram com R$ 1,6 mil. Eles fazem parte de uma quadrilha que estava na cidade para cometer crimes. Quatro membros do grupo estão sendo procurados.

O assalto aconteceu por volta de 9h30 de quarta-feira. Uma mulher estava em casa, em Itabirito, quando foi surpreendida por três homens. Eles invadiram a residência e renderam a moradora. A vítima contou que foi agredida pelos criminosos, que fugiram levando R$1,6 mil. “A mulher reconheceu que um dos bandidos, era o sobrinho dela. Diante dessa informação, começamos os levantamentos”, explicou o tenente Peterson Marques da Silva.

Os autores fugiram em dois veículos, um Corsa e uma caminhonete Strada. Os militares conseguiram informações de que o bando estaria escondido em um sítio nas proximidades da cidade. Diante disso, montaram uma operação. “Chegamos na propriedade, mas quatro pessoas conseguiram fugir. Um outro homem acabou preso. Lá, apreendemos uma pistola.380”, disse o tenente.

Armamento tem alto poder de fogo(foto: Polícia Militar (PM) / Divulgação)
Armamento tem alto poder de fogo (foto: Polícia Militar (PM) / Divulgação)


Segundo o militar, parte dos criminosos eram do Rio de Janeiro e estavam na cidade para cometer crimes. “Conseguimos informações de que eles iriam levantar dinheiro para presos no Rio de Janeiro. Mas esta situação ainda está sendo investigada”, afirmou Peterson.

Na tentativa de localizar os criminosos, os policiais foram até a casa do sobrinho da mulher assaltada, que fica em Amarantina, distrito de Ouro Preto. Lá, encontraram a bazuca. “A mulher dele franqueou a entrada dos policiais. Nas buscas, encontraram a bazuca embaixo de uma cama escondida em um saco de barraca”, comentou o tenente.

O armamento de guerra e de uso restrito das forças armadas tem capacidade de destruir veículos blindados e derrubar helicópteros. Buscas seguem sendo feitas na tentativa de localizar os outros criminosos.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade