Publicidade

Estado de Minas

Fim de semana terá simulados de evacuação por barragens em quatro cidades mineiras

Atividades de simulação de rompimento de estruturas começaram neste sábado em Igarapé e vão se estender a mais três cidades amanhã


postado em 30/03/2019 12:50 / atualizado em 30/03/2019 14:06

Simulados começaram em Barão de Cocais, no início dessa semana, onde população conferiu medidas de emergência e rotas de fuga a serem tomadas em caso de rompimento da Barragem Sul Superior, da Mina Gongo Soco(foto: Leandro Couri/EM/D.A PRESS - 25/03/2019)
Simulados começaram em Barão de Cocais, no início dessa semana, onde população conferiu medidas de emergência e rotas de fuga a serem tomadas em caso de rompimento da Barragem Sul Superior, da Mina Gongo Soco (foto: Leandro Couri/EM/D.A PRESS - 25/03/2019)
O fim de semana de simulados com populações de áreas que podem ser atingidas em caso de rompimento de barragens começou com uma simulação de ruptura na cidade de Igarapé, na Região Metropolitana de BH. Moradores de cinco bairros da cidade participaram das atividades de evacuação das áreas que poderiam ser atingidas por eventuais ondas de lama.

A ação é de responsabilidade da Mineração Morro do Ipê. De acordo com o Cadastro Nacional de Barragens, a empresa opera cinco estruturas ligadas à mineração no estado, sendo duas barragens com alteamento a montante em Minas Gerais. Ambas estão em Igarapé e acumulam, juntas, 2,8 milhões de metros cúbicos de rejeitos. As placas com sinalização das rotas de fuga já estão instaladas em Igarapé, mas ainda não há sirenes para avisar a população em caso de rompimento.

Moradores de cinco bairros da cidade participaram das atividades de evacuação das áreas que poderiam ser atingidas por eventuais ondas de lama(foto: Divino José de Souza/ Divulgação)
Moradores de cinco bairros da cidade participaram das atividades de evacuação das áreas que poderiam ser atingidas por eventuais ondas de lama (foto: Divino José de Souza/ Divulgação)
A previsão é que a instalação desses equipamentos comece na semana que vem. Não houve mudança no estágio de segurança dessas barragens da Morro do Ipê e por isso elas são consideradas estáveis. Segundo as autoridades e a mineradora, 2,7 mil pessoas vivem no entorno dos reservatórios construídos com alteamento a montante da empresa.

Amanhã os simulados continuam e têm relação com as barragens da Vale B3/B4, de São Sebastião das Águas Claras, distrito de Nova Lima conhecido como Macacos, e Forquilha I e III, em Ouro Preto. Os simulados serão destinados para populações das zonas secundárias de inundação. É o caso de Honório Bicalho, distrito de Nova Lima, Raposos e Itabirito. Todas as simulações estão marcadas para às 15h de amanhã e serão coordenadas pela Defesa Civil de MG.


Publicidade