Publicidade

Estado de Minas

Investigados por tragédia em Brumadinho entregam passaporte

Os advogados de defesa atenderam a recomendação feita pela força-tarefa que investiga o caso


postado em 26/03/2019 13:44 / atualizado em 26/03/2019 18:39

Funcionários se apresentaram na delegacia em Belo Horizonte(foto: Paulo Filgueiras/EM/D.A Press)
Funcionários se apresentaram na delegacia em Belo Horizonte (foto: Paulo Filgueiras/EM/D.A Press)

Onze funcionários da Vale e 2 engenheiros da TÜV SÜD investigados pela tragédia de Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, entregaram seus passaportes no Departamento Estadual de Investigações de Crimes contra o Meio Ambiente (Dema), em Belo Horizonte. Os advogados de defesa atenderam a recomendação feita pela força-tarefa que investiga o caso.

O documento foi expedido em virtude da soltura dos 13 investigados, que conseguiram habeas corpus nove horas depois de serem presos pela segunda vez. Eles retornaram à penitenciária no último dia 14, por determinação do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), para terminar o cumprimento da prisão temporária. No dia anterior, a 7ª Câmara Criminal da Corte julgou o mérito do recurso e determinou a volta imediata de todos à prisão.

Os 13 se entregaram em BH, mas as defesas recorreram novamente ao Superior Tribunal de Justiça (STJ), que revogou as prisões de novo. Por causa desse revés, a entrega dos passaportes é considerada por delegados, promotores e procuradores responsáveis pela investigação "uma medida importante para o avançar das investigações".

Tiveram que entregar os passaportes o geólogo César Augusto Paulino Grandchamp; o gerente de Meio Ambiente, Saúde e Segurança do complexo minerário, Ricardo de Oliveira; o gerente-executivo operacional Rodrigo Artur Gomes Melo.

Além deles, os integrantes da Gerência de Geotecnia Renzo Albieri Guimarães Carvalho, Cristina Heloíza da Silva Malheiros e Artur Bastos Ribeiro; o gerente-executivo de Geotecnia Corporativa, Alexandre de Paula Campanha; os integrantes do setor de Gestão de Riscos Geotécnicos Marilene Christina Oliveira Lopes de Assis Araújo, Felipe Figueiredo Rocha e Hélio Márcio Lopes de Cerqueira, e o gerente-executivo de Geotecnia Operacional Joaquim Pedro de Toledo. Também os engenheiros Makoto Namba e André Jum Yassuda, da Tüv Süd Brasil.


Publicidade