Publicidade

Estado de Minas

Governo libera saque para beneficiários do Bolsa Família em Brumadinho

Poderão sacar o auxílio os moradores que tinham os benefícios ativos em janeiro de 2019


postado em 13/03/2019 10:35 / atualizado em 13/03/2019 10:48

Moradores fizeram protesto e homenagem às vítimas do rompimento da barragem da Vale em Brumadinho, em 25 de fevereiro, quando a tragédia completou um mês(foto: Edésio Ferreira/EM/D.A Press - 25/02/2019)
Moradores fizeram protesto e homenagem às vítimas do rompimento da barragem da Vale em Brumadinho, em 25 de fevereiro, quando a tragédia completou um mês (foto: Edésio Ferreira/EM/D.A Press - 25/02/2019)


O presidente Jair Bolsonaro assinou medida provisória que libera saques de até R$ 600, referentes ao auxílio emergencial para beneficiários do Bolsa Família, do Benefício de Prestação Continuada (BPC) e da Renda Mensal Vitalícia, a moradores de Brumadinho (MG). Os saques podem ser feitos em até 180 dias após a data da disponibilização do crédito.


Poderão sacar o auxílio os moradores que tinham os benefícios ativos em janeiro de 2019. A medida atende os atingidos pela tragédia do rompimento da barragem Mina Córrego do Feijão, em Brumadinho (MG), no qual 197 pessoas morreram e 111 estão desaparecidas.

O auxílio de R$ 600 será pago em parcela única, segundo o texto da MP. O pagamento será feito pela Caixa Econômica Federal. Para beneficiários do BPC e da Renda Mensal Vitalícia, o dinheiro será liberado pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade