Publicidade

Estado de Minas

Morador reclama de falta de médicos em centro de saúde de BH

Segundo ele, desde semana passada a unidade opera sem profissionais, mas a prefeitura diz que dois médicos ainda atendem os pacientes no Bairro Heliópolis


postado em 11/03/2019 19:24 / atualizado em 12/03/2019 08:30

(foto: Reprodução/Google Street View)
(foto: Reprodução/Google Street View)

 
A população que depende do atendimento médico do Centro de Saúde do Bairro Heliópolis, Região Norte de Belo Horizonte, enfrenta problemas para conseguir atendimento. Na semana passada, os médicos das três equipes da unidade e uma enfermeira saíram do centro de saúde. Um morador diz que, na semana passada, os médicos das três equipes da unidade e uma enfermeira saíram do centro de saúde. Por sua vez, a Secretaria Municipal de Saúde diz que a unidade conta com quatro equipes e duas delas estão sem médicos.

O comerciante e líder comunitário do bairro, José Vasco Ferreira Dias, esteve na unidade hoje acompanhando um paciente e disse que a situação era caótica. “Uma menina que estava na porta mandou (os próprios pacientes) arrumar a fila, com três equipes juntas. Teve até uma pessoa lá que queria brigar”, contou. 

Ele disse que a pessoa designada para fazer o acolhimento dos pacientes com a saída dos médicos não tem experiência na área. “Eu conversei com a gerente e ela não soube me informar. Enfermeira vão ver se amanhã chegam uma. Estão dizendo que os médicos eram contratados”, disse o comerciante.
 
Em nota, a Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMSA), disse que o Centro de Saúde Heliópolis "conta com quatro equipes de Saúde da Família, sendo que duas estão completas e atendendo normalmente". A SMSA também informou que "já iniciou processo de contratação para substituir as vagas deixadas por dois médicos que atendem equipes de saúde da família". Segundo a pasta, a expectativa que um dos profissionais inicie no próximo dia 21, enquanto outra substituição já foi solicitada. 
 
De acordo com a prefeitura, o equipamento de saúde conta com quatro enfermeiras sendo que a profissional que integra a Equipe Azul está de férias e retorna do seu recesso nesta terça-feira. Durante esse período, as enfermeiras das outras equipes deram suporte no acolhimento, não havendo prejuízo aos pacientes. O Executivo municipal destacou, ainda, que, desde o início da gestão, foram contratados cerca de 4,8 mil profissionais da área da saúde, sendo aproximadamente 1,3 mil médicos.  


Publicidade