Publicidade

Estado de Minas

De novo: bicicletas Yellow são encontradas no Ribeirão Arrudas

No final de janeiro, quatro bikes foram encontradas no mesmo local. Serviço funciona em BH há aproximadamente um mês


postado em 25/02/2019 19:47 / atualizado em 26/02/2019 13:10

EM janeiro, quatro bikes também foram flagradas no Rio Arrudas(foto: Divulgação/ Corpo de Bombeiros)
EM janeiro, quatro bikes também foram flagradas no Rio Arrudas (foto: Divulgação/ Corpo de Bombeiros)
Agentes do Corpo de Bombeiros tiveram que recuperar três bicicletas da Yellow, novo sistema de compartilhamento de bikes, que estavam jogadas no Ribeirão Arrudas, no Bairro Santa Efigênia, Região Leste de Belo Horizonte. Elas foram encontradas, no início da noite desta segunda-feira, debaixo do viaduto José Maria Torres Leal. Esse é, no mínimo, o segundo registro de vandalismo envolvendo o novo serviço, que atua na capital mineira desde a segunda quinzena de janeiro.


Para facilitar o acesso à bicicleta, o usuário não precisa estacioná-la em estações ou para-ciclos, por isso, ela pode ser transportada para outros lugares com certa facilidade, mesmo travada. 

As bicicletas têm um sistema de GPS que permite ao usuário encontrar, no mapa, onde há uma mais perto dele. Para destravar o veículo, é preciso baixar o aplicativo da Yellow e adicionar créditos. 

O serviço já está disponível em 12 cidades brasileiras. Além disso, de acordo com a empresa, a plataforma deve chegar a cinco municípios estrangeiros.

Por meio de nota enviada ao Estado de Minas, a Yellow diz estar trabalhando com o órgão responsável para recuperar as bicicletas. Segundo a empresa, as bikes foram desenvolvidas com peças exclusivas que não se adaptam a outros modelos.

“Todos os patinetes e as bicicletas Yellow são rastreadas por sistema GPS - o que já evitou episódios indesejados e ainda levou à recuperação de bicicletas e à apreensão de pessoas envolvidas nesses casos.” 

Perguntada sobre o risco de interrupção do trabalho, a startup não mencionou, na nota, qualquer interesse de paralisar o serviço em Belo Horizonte.

Leia a nota da empresa, na íntegra:

A Yellow está neste momento trabalhando com o órgão responsável para recuperar as bikes.

Para evitar casos de furto ou vandalismo, os patinetes da Yellow funcionam das 8h às 20h e são recolhidos das ruas todas as noites. As bikes foram desenvolvidas com peças exclusivas, que não se adaptam a outros modelos.

Contamos ainda com um time de guardiões - nossa equipe de rua – que, além da parte de recolhimento e manutenção dos patinetes, é responsável pelo monitoramento e organização das operações também das bikes, em contato constante com as autoridades locais para evitar qualquer tipo de ocorrência indevida.

Todos os patinetes e as bicicletas Yellow são rastreadas por sistema GPS - o que já evitou episódios indesejados e ainda levou à recuperação de bicicletas e à apreensão de pessoas envolvidas nesses casos.

Importante ressaltar também que o usuário pode participar desta prevenção, fazendo denúncias tanto no próprio app como direto com a polícia, o que tem sido muito eficiente.

*Estagiário sob supervisão da editora Liliane Corrêa

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade