Publicidade

Estado de Minas

Alunos do Colégio Marconi homenageiam vítimas de Brumadinho

Estudantes se vestiram de preto e levantaram cartazes com mensagens em defesa do meio ambiente


postado em 25/02/2019 19:16 / atualizado em 25/02/2019 19:16

(foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press)
(foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press)
Um abraço ao prédio da escola municipal, no bairro Gutierrez, foi a forma que professores e alunos do ensino fundamental e médio encontraram para recordar as vítimas do desastre que vitimou centenas de pessoas na tragédia de rompimento da barragem do Córrego Feijão, em Brumadinho, há exatamente um mês.

Os estudantes do turno da manhã e tarde, vestiram-se de preto, com balões negros e cartazes sobre a responsabilidade da sociedade com o meio ambiente, eles realizaram ato público no pátio interno e depois fizeram o ato simbólico na frente do prédio na Avenida do Contorno.

De acordo com as coordenadoras dos turnos da manhã e tarde, Ana Paula Martins Miguel e Auxiliadora Castro a demanda sobre o assunto partiu dos alunos do ensino fundamental, com idades entre seis e 12 anos. “Eles retornaram das férias, (em 5 de fevereiro) muito afetados pelo drama assistido nos meios de comunicações. Sentimos que estavam emocionalmente abalados.”, contam as professoras.
(foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press)
(foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press)


A ideia então foi trabalhar assuntos como preservação ambiental, responsabilidade social das empresas e da sociedade nos conteúdos pedagógicos em todas as áreas de conhecimento e o resultado foi a manifestação pública no dia em que a tragédia completou um mês.

Os temas contidos em frases visibilizadas em cartazes e redações foram desenvolvidos pelos próprios alunos e o resultado mostrado publicamente nos turnos da manhã e da tarde desta segunda-feira.



Publicidade