Publicidade

Estado de Minas

Criminosos explodem bancos em cidades na divisa de Minas com São Paulo

Ações ocorreram simultaneamente em Sapucaí-Mirim, no Sul de Minas, e São Bento do Sapucaí, em São Paulo. Pelo menos quatro agências foram atacadas, além de uma base da PM


postado em 11/02/2019 13:03 / atualizado em 11/02/2019 13:12

Agência do Banco do Brasil foi alvo de explosão em Sapucaí-Mirim(foto: Reprodução da internet/Facebook)
Agência do Banco do Brasil foi alvo de explosão em Sapucaí-Mirim (foto: Reprodução da internet/Facebook)


A polícia está à procura dos criminosos que atacaram bancos em uma cidade mineira e outra paulista, na divisa entre os estados, na madrugada desta segunda-feira. Armados, os bandidos explodiram um caixa eletrônico do Banco do Brasil em Sapucaí-Mirim, no Sul de Minas Gerais. Segundo as informações da Polícia Militar (PM), eles ainda agiram nos bancos do Brasil, Bradesco e na Caixa Econômica Federal em São Bento do Sapucaí, no estado de São Paulo. A ação foi simultânea.


Miguelito usado pelos criminosos para furar pneus de viaturas(foto: Reprodução da internet/Facebook)
Miguelito usado pelos criminosos para furar pneus de viaturas (foto: Reprodução da internet/Facebook)
De acordo com a Polícia Civil, a quadrilha invadiu a cidade em dois ou três carros, por volta das 3h30. As três agências ficam na região central e não foi possível saber qual delas foi atacada primeiro. Os criminosos explodiram caixas eletrônicos e os cofres das agências. O prédio da Caixa ficou destruído. A base da PM ficou com a fachada cheia de buracos de balas, mas ninguém ficou ferido. Os criminosos fugiram e, até as 8h, nenhum suspeito tinha sido preso.

As polícias de Minas e São Paulo seguem no rastreamento aos criminosos. Até o início da tarde desta segunda ninguém havia sido preso. Não há informações de feridos e sobre o valor do prejuízo nas agências. (Com Estadão Conteúdo e TV Alterosa - Sul de Minas)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade