Publicidade

Estado de Minas TRAGÉDIA EM BRUMADINHO

Após rompimento em Brumadinho, Memorial Minas Gerais Vale suspende funcionamento neste fim de semana

Barragem do Córrego do Feijão, na Região Metropolitana de BH, se rompeu nesta sexta-feira


postado em 25/01/2019 18:00 / atualizado em 25/01/2019 19:42

Tendência é que o Memorial Minas Gerais Vale volte à ativa normalmente na próxima terça-feira(foto: Elcio Paraiso/Divulgacao Memorial Minas Gerais Vale)
Tendência é que o Memorial Minas Gerais Vale volte à ativa normalmente na próxima terça-feira (foto: Elcio Paraiso/Divulgacao Memorial Minas Gerais Vale)
O Memorial Minas Gerais Vale não funcionará neste fim de semana (26 e 27 de janeiro). A ação do museu, localizado na Praça da Liberdade, Região Centro-Sul de Belo Horizonte, visa preservar o local de protestos e de atos violentos.



Nesta sexta-feira, a barragem do Córrego do Feijão, em Brumadinho, Região Metropolitana de BH, se rompeu. A Vale administrava a represa. Segundo o Corpo de Bombeiros, ao menos 200 pessoas estão desaparecidas.

Em novembro de 2015, após o rompimento de uma barragem da Samarco, cuja uma das donas é a Vale, na cidade mineira de Mariana, o museu foi invadido por manifestantes nos dias seguintes. Desde então, diversos coletivos realizam protestos na portaria do local. Segundo dados oficiais, a tragédia daquele ano deixou 19 mortos e uma pessoa desaparecida.

Os demais museus do Circuito Liberdade, localizados na própria praça, funcionarão normalmente neste fim de semana. A tendência é que o Memorial Minas Gerais Vale volte à ativa normalmente na próxima terça-feira, com atendimento a partir das 10h.
 
*Estagiário sob coordenação da subeditora Jociane Morais  


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade