Publicidade

Estado de Minas

Incêndio destrói altar de igreja em Uberaba

Paróquia Santa Luzia estava em reformas. Ninguém ficou ferido. Programação da festa da padroeira deve ser adaptada


postado em 06/12/2018 10:17 / atualizado em 06/12/2018 11:40

(foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)
(foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)


Um incêndio durante a madrugada desta quinta-feira destruiu o altar da Paróquia Santa Luzia, em Uberaba, no Triângulo Mineiro. Ninguém ficou ferido e as causas ainda serão apuradas. A suspeita é de que o fogo tenha sido provocado por um curto-circuito. 

A igreja fica no Bairro Jardim Induberaba. Segundo o Corpo de Bombeiros, o combate ao fogo terminou por volta das 4h30. Houve danos estruturais que precisam ser avaliados. “O serviço de engenharia da Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil de Uberaba foi acionado para dimensionar a severidade dos danos estruturais”, informou a corporação. 

(foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)
(foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)


A assessoria de imprensa da Arquidiocese de Uberaba confirmou que as chamas atingiram todo o altar e destruíram peças sacras, como imagens. A igreja estava em reformas, o que levantou a hipótese de um curto-circuito.

(foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)
(foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)

 
“A Arquidiocese de Uberaba, consternada com o incêndio ocorrido durante a madrugada desta quinta-feira (06) na Paróquia de Santa Luzia, no Jardim Induberaba, vem a público para manifestar a sua tristeza e solidariedade ao padre e ao povo daquela Comunidade Paroquial e aguarda, por parte dos órgãos competentes, que seja averiguado as causas do incêndio”, diz a nota da Arquidiocese divulgada nesta manhã. O arcebispo metropolitano de Uberaba, dom Paulo Mendes Peixoto, lamentou o ocorrido.

Segundo a entidade religiosa, por conta da reforma, as celebrações da festa de Santa Luzia já eram realizadas em um galpão ao lado da igreja. “A paróquia de Santa Luzia informa que a programação da festa continua normalmente nesta quinta-feira (06) e também nos demais dias da festa, que termina na próxima quinta-feira (13). A paróquia convida a todos para participarem das festividades e orações”, detalhou a Arquidiocese. A celebração vai até o dia 13.

A corporação informou que a edificação não possui o Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB), documento confirmando que o imóvel tem condições de segurança contra incêndio e pânico previstas na lei. De acordo com os bombeiros, o projeto estava aprovado, mas não foi solicitada a vistoria de liberação. Já a área onde a festá ré realizada já foi aprovada. “O AVCB para o evento foi emitido em 30 de novembro de 2018, mas ainda não foi retirado no nosso quartel pelo responsável técnico”, detalhou o Corpo de Bombeiros. O em.com.br questionou a Arquidiocese sobre o caso e aguarda resposta. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade