Publicidade

Estado de Minas

Metrô e Estação BHBus Vilarinho funcionam normalmente nesta noite

Estação foi alagada durante a enchente da Avenida Vilarinho, na noite passada. Trânsito na via foi normalizado


postado em 16/11/2018 19:12 / atualizado em 16/11/2018 19:20

Ver galeria . 11 Fotos Estação Vilarinho, na Região de Venda Nova, foi atingida pela enchente na avenida de mesmo nome. Plataformas dos ônibus da BHBus e do metrô ficaram alagadas na noite de quinta-feira, feriado da Proclamação da RepúblicaCristiane Silva/EM
Estação Vilarinho, na Região de Venda Nova, foi atingida pela enchente na avenida de mesmo nome. Plataformas dos ônibus da BHBus e do metrô ficaram alagadas na noite de quinta-feira, feriado da Proclamação da República (foto: Cristiane Silva/EM )


Após uma noite de caos e mortes na Região de Venda Nova, a situação da Avenida Vilarinho foi normalizada nesta sexta-feira. Pela manhã, a Estação BHBus Vilarinho já estava funcionando enquanto equipes ainda faziam parte da limpeza. Mais tarde, o metrô voltou a ir até a estação final. 

Durante o temporal da noite de quinta-feira, as plataformas da Estação Vilarinho que recebem os ônibus do Move e as linhas que circulam pelos bairros, além da linha férrea, foram atingidas pelo alagamento da Avenida Vilarinho. A água atingiu até as escadas rolantes de acesso e carros foram arrastados dentro da estação. 
 
Quem dependia dos veículos para chegar em casa se abrigou no Shopping Estação. Quem tinha outra opção de transporte poderia acessar as plataformas dos veículos do transporte metropolitano, que atendem Santa Luzia e outros municípios, ou a Avenida Cristiano Machado, que ficou lotada de pedestres em busca de táxis ou outros ônibus. Por ficar em uma parte mais elevada, a área dos veículos do DER não foi atingida. 

Segundo a BHTrans, a Avenida Vilarinho ainda estava parcialmente interditada durante a tarde na área da trincheira que fica próxima à estação. Às 17h46, o trânsito foi liberado nos dois sentidos.




Por meio de nota, a Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) informou que o metrô retomou as viagens até a Estação Vilarinho por volta das 13h. “O nível de água da chuva chegou à altura da plataforma em Vilarinho, carregando boa parte do lixo acumulado na via publica, que veio parar sobre os trilhos do metrô, impedindo a circulação das composições. Diversos equipamentos foram avariados incluindo: geradores, escadas rolantes, elevadores, entre outros sistemas eletrônicos”, informou a companhia, por meio de nota.

"Apenas no trecho entre as estações Vilarinho e Waldomiro Lobo, os trens terão que desenvolver velocidade reduzida, a 25km/h.Os trabalhos de manutenção de via serão retomados durante a madrugada. Os intervalos seguem normais neste momento, com todas as viagens ocorrendo regularmente", disse a CBTU por volta das 19h20.

A Superintendência de Limpeza Urbana (SLU) da capital e a Secretaria Municipal de Obras e Infraestrutura informaram nesta tarde que foram retiradas 160 toneladas de lama e entulho da Avenida Vilarinho. O trabalho começou pela manhã e se estendeu até a tarde. 


Publicidade