Publicidade

Estado de Minas

Homem é preso após aplicar golpes com uniforme da Cemig

Segundo a PM, o suspeito rompia o lacre de energia da vítima e pedia dinheiro para o conserto da rede


postado em 06/11/2018 21:17 / atualizado em 06/11/2018 21:26

 
Um homem de 36 anos foi preso, na manhã desta terça-feira (6), após aplicar golpes em moradores do Bairro Vila Recreio, em Betim. André Luiz Almeida Martins teria se identificado como funcionário da Cemig por, pelo menos, duas vezes e alegado problemas elétricos na residência. Lá, o suspeito rompia o lacre de energia e passava a chantagear o dono da casa para que pagasse o conserto; caso contrário, a "Justiça poderia ser acionada".

Segundo o boletim de ocorrência da Polícia Militar (PM), uma senhora de 67 anos chamou os agentes depois de perceber que André Luiz a pedia dinheiro. De acordo com ela, o suspeito bateu em sua porta e falou que, devido a denúncias de desvio de energia, verificaria o local.

Já uma outra vítima, em testemunho aos policiais, contou que, por volta das 7h, o homem teria adotado o mesmo procedimento. Na ocasião, André Luiz ainda teria “ligado para outra pessoa pedindo o corte da energia”. Desesperada, a vítima pagou R$ 1 mil ao suspeito para que ele fizesse o conserto da rede.

Abordado pelos policiais militares, o homem, inicialmente, teria se identificado como funcionário de uma empresa prestadora de serviço à Cemig. Além disso, o suspeito ainda alegou que seu chefe estaria chegando. Os agentes entraram em contato com a empresa, que negou que André fosse seu funcionário.

Após a ligação, o homem confessou não trabalhar lá e afirmou fazer ligações clandestinas. Quanto às acusações de rompimento do lacre, embora o suspeito tenha negado, ele acabou sendo preso. A ocorrência se encerrou na Delegacia de Polícia Civil de Plantão de Betim.
 
*Estagiário sob supervisão da redação do em.com.br 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade