Publicidade

Estado de Minas

BR-262: Manifestantes interditam rodovia pela quarta vez na semana

Eles reivindicam a construção de uma passarela para pedestres no KM 366. Obra não está nos planos da concessionária responsável pela estrada


postado em 18/10/2018 20:04 / atualizado em 18/10/2018 20:11

Os manifestantes já tinham interditado o trecho na quarta e segunda-feira(foto: Reprodução/PRF)
Os manifestantes já tinham interditado o trecho na quarta e segunda-feira (foto: Reprodução/PRF)
Pela quarta vez na semana, motoristas que passavam pelo KM 366 da BR-262, em Juatuba Região Central de Minas Gerais, ficaram presos em um congestionamento. Desde o início da semana, manifestantes vêm interditando os dois sentidos do trecho, reivindicando a construção de uma passarela para pedestres no local.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, por volta das 17h, as pistas foram totalmente fechadas, provocando três quilômetros de retenção. Após uma negociação com os policiais, os manifestantes resolveram liberar a pista às 17h45.

Assim como nesta quinta-feira,  ontem a manifestação ocorreu em apenas um turno do dia. Entretanto, na segunda-feira, cerca de 100 pessoas interditaram os dois sentidos da rodovia, de manhã e à tarde.

Questionada, nessa quarta-feira, pelo Estado de Minas, a Triunfo Cosnebra, concessionária responsável pela administração da rodovia, afirmou que já está prevista no Programa de Exploração da Rodovia (PER) a construção de uma passarela no KM 378,5 da BR-262, em Juatuba. Por outro lado, a empresa esclarece que está realizando estudos de viabilidade para serem protocolados junto à Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) para a construção de uma passarela nas proximidades do KM 362.

Quanto ao ponto específico em que a estrutura é reivindicada pelos manifestantes, a concessionária não se pronunciou.

*Estagiário sob supervisão da editora Liliane Corrêa


Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade