Publicidade

Estado de Minas

Criança escala buraco após acidente e família desaparecida é encontrada morta na BR-050

Vítimas são de São Paulo. Casal e dois filhos voltavam de um passeio a Rio Quente (GO) quando acidente ocorreu. Parentes perderam contato com eles no domingo. Nesta manhã, menino de 6 anos foi resgatado às margens da rodovia


postado em 09/10/2018 12:13 / atualizado em 09/10/2018 19:49

Casal e os filhos voltavam de um passeio até a cidade de Rio Quente, em Goiás(foto: Reprodução da internet/Facebook)
Casal e os filhos voltavam de um passeio até a cidade de Rio Quente, em Goiás (foto: Reprodução da internet/Facebook)


Uma família de Campinas (SP), desaparecida desde domingo, foi encontrada morta na manhã desta terça-feira dentro do carro em uma vala às margens da BR-050 em Uberlândia, no Triângulo Mineiro. Morreram o pai de 38 anos, que era pastor de uma igreja batista, a esposa, de 35, e o filho mais velho, de 8. O caçula, de apenas 6, foi achado com vida após escalar o buraco e ser resgatado às margens da rodovia. Ele foi levado para um hospital da cidade. 

Segundo o boletim de ocorrência do Corpo de Bombeiros, na quinta-feira passada, dia 4, a família saiu de Campinas para passear em Rio Quente (GO), onde permaneceu até domingo. Durante todos os dias eles mantiveram contato com outros parentes, mas na volta pararam de responder.

O carro em que o casal e os filhos viajavam foi visto pela última vez no km 14 da LMG-223. Ele foi fotografado pelas câmeras do posto da Polícia Militar Rodoviária (PMRv) às 10h04 de 7 de outubro. Os telefones deles pararam de atender e a última mensagem foi enviada para um dos celulares das vítimas às 13h de segunda-feira, mas sem visualização. 

Diante do sumiço, parentes do casal vieram para Minas e se instalaram em Araguari para acompanhar as buscas. A MGO Rodovias, concessionária responsável pelo da BR-050 do município até São Paulo realizou uma pesquisa e constatou que o carro não passou por nenhum pedágio da rodovia, apenas na manhã do dia 4, quando eles seguiam para Rio Quente, no sentido Uberlândia-Araguari. 

A Polícia Militar da região chegou a usar dois drones para sobrevoar tanto a BR-050 quanto a LMG-223. Bombeiros também realizaram buscas em outros pontos da região até Indianópolis, também no Triângulo. 

As buscas só foram encerradas à noite e seriam retomadas na manhã desta terça-feira. No entanto, segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), um motorista que passava pela BR-050 hoje encontrou uma criança às margens da estrada. Era o caçula da família. As primeiras informações repassadas à PRF dão conta que ele ficou preso no carro, que estava tombado de lado na vala, e conseguiu sair hoje, pedindo socorro na estrada. Confuso e com um quadro de desidratação severa, ele foi levado para o Pronto-Socorro do Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia (UFU). Policiais da região e os bombeiros de Araguari, responsáveis pelo início das buscas ontem, foram para o local para providenciar a retirada das demais vítimas e a perícia. No  fim da manhã as equipes ainda estavam mobilizadas no local. Até o momento não há detalhes sobre como o acidente ocorreu. 

A Igreja Batista Vista Alegre usou o Facebook para publicar uma nota de pesar sobre a morte do pastor Alessandro Monare, da esposa Belkis da Silva Miguel Monare, e do filho mais velho. Eles disseram que o menino sobrevivente está bem. “os irmãos que estão em Araguari estão cuidando dos maiores detalhes. Assim quando tivermos mais informações estaremos informando a todos. Pedimos a todos que continuem em oração e consolo do Espírito Santo. Fica uma palavra de gratidão pela vida do nosso incansável pastor e de sua esposa que se dedicaram fielmente o ministério que Deus os convocou em nome de Jesus amém”, escreveram os membros da igreja. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade