Publicidade

Estado de Minas

Menina de 10 anos sobe barranco após acidente e consegue pedir ajuda na BR-040

Ela estava em um carro que saiu da pista e caiu em um barranco às margens da BR-040. Uma idosa de 80 anos não resistiu aos ferimentos e morreu no local. Outros três ocupantes ficaram desacordados. As vítimas foram levadas para o Hospital João XXIII


postado em 24/06/2018 11:23

O ato heroico de uma menina de 10 anos foi crucial para salvar a vida de três pessoas no fim da noite de sábado em Moeda, na Região Central de Minas Gerais. Ela estava em um carro que saiu da pista e caiu em um barranco às margens da BR-040. Uma idosa de 80 anos não resistiu aos ferimentos e morreu no local. Outros três ocupantes ficaram desacordados. A garota conseguiu sair do automóvel, subiu até a estrada e foi até a um condomínio, onde pediu socorro.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente aconteceu por volta das 22h40. O veículo seguia de Moeda em direção a Belo Horizonte, quando na confluência com a BR-040, o carro passou direto. Ele atravessou a pista e caiu em um barranco de aproximadamente tRês metros de altura, passando entre eucaliptos.

Com o impacto, uma idosa de 80 anos quebrou o pescoço e morreu na hora. Outros três ocupantes ficaram inconscientes. Segundo a PRF, a criança de 10 anos ficou aproximadamente uma hora tentando reanimar os outros ocupantes. Como não conseguiu, ligou o veículo e abriu o porta-malas, para tentar encontrar um celular. Mas, não achou o aparelho.

Por causa disso, deixou o automóvel, subiu a ribanceira e foi para a rodovia. Ela caminhou em direção a Belo Horizonte e parou em um condomínio em Itabirito, onde pediu socorro. A PRF foi acionada e conseguiu chegar até as vítimas.

As três pessoas feridas foram socorridas e encaminhadas em estado grave para o Hospital João XXIII, em Belo Horizonte. O corpo da mulher que morreu no acidente foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML).

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade