Publicidade

Estado de Minas

Alta temperatura e baixa umidade marcam início da semana em Minas

Capital mineira está em estado de atenção e interior em alerta, devido ao tempo seco deste início de primavera


postado em 24/09/2018 17:04 / atualizado em 24/09/2018 17:49

(foto: Paulo Filgueiras/EM/D.A.Press)
(foto: Paulo Filgueiras/EM/D.A.Press)
A semana começou quente em Belo Horizonte e a capital mineira entra em estado de atenção devido ao tempo seco. A umidade relativa do ar chegou a 27% e os termômetros registraram 31,9°C nesta segunda-feira. A previsão é de que as temperaturas caiam na próxima sexta-feira, com a chegada de chuvas fracas e isoladas.

Esta é a terceira maior temperatura do ano registrada na capital. A maior foi em 2 de março, quando a marca alcançou 34,5°C, e a segunda maior em 20 de janeiro, com 33,1°C.

Na Região Norte de Minas, o clima está ainda mais quente e não há previsão de chuva. Em São Romão, os termômetros registraram 38,8°C e umidade relativa do ar ficou em apenas 18%. Em Montalvânia a marca foi de 38,2°C, com umidade relativa do ar em 17%.

A menor umidade relativa do ar registrada nesta segunda-feira ocorreu em Campina Verde, no Triângulo Mineiro. O município está em estado de alerta, com índices de umidade relativa em 13% e temperatura de 38,6°C.

“Nesta semana, as temperaturas devem subir mais que na semana passada. A baixa umidade e alta da temperatura se dá devido à pausa de chuva na capital, gerando uma intensificação da massa de ar seco em Minas Gerais”, explica o meteorologista Claudemir de Azevedo, do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).

Cuidados

A Organização Mundial de Saúde (OMS) considera índices de umidade entre 21% e 30% como estado de atenção; entre 12% e 20%, de alerta; e abaixo de 12%, estado de emergência. A taxa considerada ideal é de 60%. Por isso, alguns cuidados devem ser tomados para evitar danos à saúde. Confira algumas recomendações da Defesa Civil de Belo Horizonte:
  • Hidrate-se durante o dia;
  • Prefira alimentos leves e frescos, como saladas, frutas e carnes grelhadas;
  • Evite frituras;
  • Durma em local arejado e umedecido por aparelhos umidificadores, ou ainda coloque uma bacia com água;
  • Evite atividades físicas ao ar livre e exposição ao Sol entre as 10h e 17h;
  • Evite banho muito quente, pois resseca ainda mais a pele; se necessário, use hidratante;
  • Em caso de problemas respiratórios, procure um especialista;
  • Em caso de incêndio em mata ou floresta, avise imediatamente, ao Corpo de Bombeiros (193), Defesa Civil (199) ou Polícia Militar (190).

*Sob supervisão do editor Roney Garcia

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade