Publicidade

Estado de Minas

Polícia procura por padastro suspeito de estuprar deficiente mental na Grande BH

Esposa do suspeito o flagrou acariciando os seios da vítima numa garagem da família; mãe não tem conhecimento de outros casos e não suspeitava do padastro


postado em 16/09/2018 18:24

Um homem de 49 anos é procurado pela polícia após ser acusado de estuprar uma deficiente mental, de 26, no Bairro Jardim Itaú, em Vespasiano, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. A mãe da vítima, 47, contou à Polícia Militar (PM) que seu marido, Adjair Siqueira Oliveira Almeida, estava passando as mãos nos seios da enteada, por cima da roupa, na noite desse sábado (15).


O crime aconteceu numa garagem da família, segundo relatos da mãe à polícia. No momento do flagra, ela gritou os seguintes dizeres para o marido: “seu porco imundo, nojento”. Imediatamente, o homem afirmou que não tinha cometido delito algum. No entanto, momentos depois, ele fugiu com um carro sem destino certo.

Segundo a PM, a mãe afirmou que não desconfiava dos atos, pois o marido sempre se mostrou como um bom padastro para a vítima. Contudo, ela disse que a menina gritou, em um surto recente, que não gostaria de ser tocada pelo suspeito. O casal está junto há três anos.


A vítima foi encaminhada ao Hospital Municipal Odilon Behrens, onde passou por exames e tomou medicamentos. A ocorrência foi encerrada na 1ª Delegacia de Polícia Civil de Vespasiano.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade