Publicidade

Estado de Minas

Mulher é atacada com faca pelo marido na frente dos filhos na Grande BH

Segundo relatos da mulher, o autor estava inconformado que ela retornaria ao trabalho após o almoço. Ele foi preso e, segundo a Polícia Militar, já responde a outras processos de violência doméstica


postado em 11/09/2018 15:04 / atualizado em 11/09/2018 15:28

Mais um caso de tentativa de feminicídio na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Um homem atacou a companheira, de 27 anos, com uma faca no início da tarde desta terça-feira dentro de uma casa no Bairro Dom Bosco, em Betim. Segundo relatos da mulher, o autor estava inconformado que ela retornaria ao trabalho após o almoço. Ele foi preso e, segundo a Polícia Militar, já responde a outras processos de violência doméstica. As agressões aconteceram na frente de três filhos do casal, que têm entre 5 e 11 anos.

A ocorrência foi registrada por volta de 12h. De acordo com o boletim de ocorrência da Polícia Militar (PM), militares foram acionados por moradores que ouviram os pedidos de socorro das crianças. Quando chegaram no local, encontraram com o autor do crime, de 34 anos. Ele foi levado para um hospital no Bairro Teresópolis, pois estava ferido em uma das mãos.

A vítima estava na residência e contou aos policiais como foi atacada. Ela disse que voltou do trabalho para almoçar e que o marido fazia uso de álcool desde o dia anterior. Quando afirmou que voltaria para o serviço, segundo consta no boletim de ocorrência, o homem disse que ela não iria e, em seguida, a atacou.

Segundo a PM, a mulher contou que foi enforcada. Em seguida, o autor bateu com a cabeça dela na parede e trancou a porta da sala. Depois, pegou uma faca e tentou esfaquear a vítima. Ela contou que conseguiu segurar o pulso do homem, mas que mesmo assim, sofreu um pequeno corte na barriga. Durante a luta, o autor se cortou na mão.

Um vizinho conseguiu entrar na casa e desarmou o homem. Inconformado, segundo a PM, o autor pegou outra faca e foi para cima do morador, que conseguiu fugir. A PM conseguiu chegar no local antes que ele voltasse a agredir a companheira. A vítima sofreu uma lesão leve na barriga e dispensou atendimento médico.

De acordo com a PM, o autor já responde a outros processos por violência doméstica. Após receber atendimento médico, ele foi encaminhado para a Delegacia de Plantão de Betim.

Casos de feminicídio

 

De janeiro a junho deste ano, a cada três dias uma mulher foi vítima de feminicídio. Levantamento do Estado de Minas mostra que, de julho até setembro, ao menos outras 10 ocorrências que se enquadram na tipificação desse crime foram registradas no estado. Registros de feminicídio consumado ou tentado estão cada vez mais comuns em Minas Gerais. Dados da Polícia Civil mostram que, de janeiro a junho, 61 mulheres foram assassinadas por motivos de menosprezo ou discriminação, ou por razões de violência doméstica. No mesmo período do ano passado foram 62 ocorrências. Já em relação à tentativa de feminicídio, são 126 casos de no primeiro semestre no Estado, aproximadamente um caso a cada dois dias. De janeiro a junho de 2016, foram 150 registros. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade